[Resenha] Dez Coisas que Eu Amo em Você

3 de julho de 2020

Título: Dez Coisas que Eu Amo em Você (Os Bevelstoke #3)
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2020
Clique aqui para comprar pela Amazon e ajude o blog
*Cortesia da editora
Sinopse: Annabel Winslow está em uma grande enrascada. Ela acabou de chegar a Londres para participar de sua primeira temporada e já chamou a atenção do conde de Newbury, que está atrás de uma mulher que lhe garanta um herdeiro.
Com seus quadris largos, Annabel parece especialmente fértil, o que faz dela a candidata ideal. O problema é que o conde tem no mínimo 75 anos e ainda por cima é um grosseirão inveterado.
Certamente ela não tem nenhuma vontade de se casar com ele, mas sente que não tem escolha. Seu pai morreu há pouco tempo e deixou a família inteira, incluindo os sete irmãos e a mãe de Annabel, praticamente na miséria.
Então, durante uma festa, ela conhece Sebastian Grey, o charmoso sobrinho do conde. E de repente se vê cortejada não apenas pelo velho assanhado, mas também pelo irresistível e misterioso jovem.
Agora ela precisa decidir entre se casar com um homem que acha repugnante, e com isso garantir o futuro de sua família, e seguir o próprio coração, dando a si mesma a chance de um final feliz.
Resenha
Sebastian Grey é um jovem cobiçado, além de ser um homem charmoso ele também aprecia uma boa leitura e esconde um segredo, é ele quem está por trás dos famosos livros de uma autora renomada no meio literário e que ganha o coração das jovens com seus romances cheios de firulas. Sebastian usa um pseudônimo para escrever seus romances e gosta de ver os leitores falando de seus livros sem saber que é ele quem os escreve. Sebastian sofre com insônia e é constantemente assolado pelos traumas da guerra, então passa as suas noites em claro lendo e escrevendo.

Sebastian está em uma situação intrigante, pode acabar se tornando o novo conde de Newbury, título que ele não faz questão. Seu tio está muito velho e sem herdeiros, se ele morrer antes de ter um filho o título será herdado por Sebastian. Os dois se odeiam e o conde está determinado a conseguir um filho antes de morrer, para isso, está em busca de uma jovem com quadris largos e que possa gerar muitos filhos (ou pelo menos um) antes que ele morra. Então, as mulheres livres para se casar não sabem se casam com ele ou não, se casarem têm a oportunidade de se tornarem condessas, por outro lado, se o conde conseguir um herdeiro antes de morrer elas vão ficar sem nenhum título.
Annabel Winslow precisa arranjar logo um bom casamento, ou seja, um marido rico! A sua família está passando dificuldades financeiras desde a morte de seu pai e a jovem é a esperança para que tudo fique bem. Ela foi a Londres para a sua primeira temporada e está em uma enrascada. O conde de Newbury achou graça nele, ele é exatamente o que a família de Annabel precisa e seria perfeito se ele não fosse tão, tão velho e tão asqueroso.

Annabel não quer se casar com esse homem horroroso, mas ela não tem escolha, é a filha mais velha e tem sete irmãos que precisam se alimentas e frequentar boas escolas e também precisa ajudar a mãe. Então ela começa a tentar evitar o conde pensando que, talvez, consiga atrasar o temível pedido de casamento, mas sabe que não poderá se esconder para sempre e em algum momento precisará se casar com ele, mesmo que isso signifique a sua infelicidade.
Durante uma festa, Annabel precisa se defender do conde que toma atitudes indecorosas achando que tem direitos sobre ela, então Annabel foge para um canto isolado e encontra com Sebastian, sobrinho de seu futuro marido. Sebastian não entende o que uma jovem tão linda e ingênua estaria fazendo se escondendo em vez de estar se exibindo na festa. Os dois conversam por algum tempo e Annabel lhe faz um pedido inusitado. Pede que ele a beije. Annabel nunca foi beijada e gostaria de experimentar um beijo por desejo antes de se casar e ser obrigada a cumprir com as funções de esposa.

Naquela noite os dois se apaixonam sem ao menos perceberem! Com o passar dos dias, Annabel e Sebastian passam a se encontrar por acaso em algumas ocasiões e chaga aos ouvidos do conde que seu sobrinho estaria de olho em sua noiva, a situação se complica e Annabel se vê em um impasse. Dois homens estão cortejando-a e Annabel precisará fazer uma escolha, a razão ou o coração. Annabel está apaixonada por Sebastian, mas sua família precisa dela e casar com o conde seria a escolha mais sensata. O que fazer? Sebastian está disposto a tudo para conseguir o sim de sua amada!
Minha impressão
Como eu estou apaixonada por esse livro! É o meu segundo contato com um livro da Julia Quinn e me encanto cada vez mais com a escrita da autora, que é envolvente e muito fluída. Eu gosto bastante que a autora coloca humor em suas obras e além de termos um romance fofinho nós também temos cenas engraçadas que nos fazem rir.

Quando comecei a leitura eu já imaginava gostar muito do livro, mas eu não esperava me ficar tão envolvida com ele. E o Sebastian, gente? Que amor! Ele é muito fofo. Sebastian tem traumas de guerra e por isso não consegue dormir, eu me identifiquei com a insônia dele e em vários momentos eu me peguei concordando com as falas dele durante a falta de sono, acho que quem sofre com isso vai se identificar também. Então ele lê para passar as noites em claro (tão eu!) e também escreve romances de sucesso, mas prefere manter a sua identidade em segredo e usa um pseudônimo.

Annabel precisa encontrar um marido rico porque a sua família está passando necessidade desde a morte do pai, são oito filhos e a mãe. Quando Annabel vai a Londres para a sua primeira temporada ela desperta o interesse do conde de Newbury que está em busca de uma jovem de quadris largos para gerar filhos antes que ele morra. O conde está muito velho e se morrer sem um filho o título vai ser herdado por Sebastian, que é seu sobrinho. Como os dois se odeiam, o conde está disposto a fazer qualquer coisa para casar e Annabel está em sua mira. Mas ele é asqueroso e ela não quer casar com ele.

O romance entre Annabel e Sebastian é de fazer suspirar, eu terminei a leitura com um sorrisinho bobo no rosto e querendo ler mais sobre esses dois. Apaixonados por romance de época certamente se encantarão com a leitura e quem nunca leu nada do gênero é uma boa dica para começar.

Minha nota para o livro

Um comentário: