1 de fevereiro de 2016

[Resenha] Memórias de Ellie White

Título: Memórias de Ellie White
Autor: Daniel Almeida
Editora: Selo Jovem
Páginas: 240
Ano: 2015
Skoob: Adicione



Ellie era só uma garota normal até sofrer um acidente. Teve sérias lesões e pode ter uma perda de memória ou morrer. Um dia ela conhece Tyler O'Brien e surge um relacionamento ente eles, com medo do que pode vir pela frente, ela decide viver intensamente e tentar ser feliz. No entanto, as lesões fazem questão de lembrá-la do seu estado clínico e, com medo de perder a memória, ela decide registrar seus momentos.
Ellie tem uma vida tediosa. É uma aluna inteligente e de poucos amigos, sua melhor amiga mora do outro lado do oceano. Cresceu sem a presença de seu pai, pois ele saiu de casa quando ela era muito pequena. Sua mãe é muito protetora e com isso acaba privando a jovem de certes liberdades. Possui uma visão prejudicada e nunca teve um namorado.

Ao retornar do mercado ela sofre um acidente. Ellie estava dirigindo, seu celular tocou e ela foi atender, alguns segundos apenas, mas suficientes para que desviasse os olhos da estrada e um terrível acidente acontecesse. O carro foi arremessado e deu voltas e mais voltas enquanto descia um barranco. Sorte ainda estar viva!
Ao despertar ela recebe notícias nada agradáveis.  Duas áreas de seu cérebro foram bastante lesionadas e estavam quase se rompendo, a qualquer momento isso poderia acontecer e caso aconteça ela pode morrer ou ter uma perda de memória (total ou parcial), algumas coisas em sua memória já foram apagadas com o acidente e agora ela precisa de uma série de recomendações e exames. 

Em uma tarde no shopping ela conhece Tyler, após alguns minutos conversando ele diz estar apaixonado por ela, amor à primeira vista. Eles trocam telefones e se despedem, começava o relacionamento entre eles. Com o passar de alguns dias, eles estão mais próximos e o namoro surge. A mãe de Ellie foi contra no começo e até foi muito dura quanto Tyller foi conhecê-la,  falou algumas coisas que deixaram Ellie triste mas, por fim, acabou aceitando.
Ellie tem medo de não poder aproveitar a sua vida e pede ajuda para a amiga, que faz uma lista de "coisas para fazer antes de morrer", Ellie não quer copiar a lista da amiga mas gostou da ideia de fazer o que tiver vontade. Sem medo, ela começa a viver livremente e tem uma mudança radical em sua rotina, sempre com Tyler ao seu lado, lhe dando amor e apoio. Para não esquecer de nada, ela registra seus momentos em um diário e, futuramente, em uma câmera fotográfica.

Um relacionamento que começou tímido mas que foi se intensificando com o tempo. Tudo ia muito bem até que seu cérebro a lembrar de que ela tem lesões. Será que o amor de Tyler vai ultrapassar as barreiras?
Minha impressão
Eu gostei da trama e da maneira como os fatos surgem no decorrer da história. Ellie e Tyler embarcam em um relacionamento que aos poucos vai se mostrando mais intenso e vivem uma bonita história. É bom ver o amadurecimento da Ellie, mas principalmente como ela decide mudar a sua vida. A jovem passa a fazer o que tem vontade e a ideia de registrar suas memória foi muito boa, pois ela realmente vai precisar! O Tyler é um namorado perfeito, atencioso e carinhoso, está sempre disposto a fazê-la feliz. Ele passa por alguns momentos bem dolorosos e luta com as forças de seu coração para conseguir passar pelas pedras do destino. Mas o final do livro é o momento mais difícil. 

Só uma coisa que me incomodou um pouco, de um determinado ponto pra frente o livro passou a ter muitas cenas hot, a história desse livro é bonita mas acho que essas cenas ficaram um pouco exageradas. Eu leio livros hot e gosto do gênero, mas nesse livro poderia ter menos, justamente pelo enredo dele. Não chega a atrapalhar a leitura, mas se tivesse mais sobre a vida de Ellie e menos relações sexuais, poderia ser melhor. 

O final do livro é um desfecho muito bom para a trama, não imagino um diferente. Em meio a muitas tristezas, uma alegria que aquece o coração de todos. 

Minha nota para o livro

Nenhum comentário:

Postar um comentário