15 de dezembro de 2017

Uma Boca Molhada de Sal (Kris Monneska)

14 de dezembro de 2017

Chesapeake Shores | Segunda Temporada [Resenha]

A segunda temporada de Chesapeake Shores chegou ao fim e me deixou com o coração na mão!!! O último episódio traz informações importantes para o relacionamento da Abby e do Trace, mas tudo só vai acontecer na terceira temporada e a Netlfix ainda não confirmou se vai renovar!!!! Bom, deixa eu contar um pouco sobre essa temporada e depois digo a minha opinião.

13 de dezembro de 2017

[Resenha] O Melhor Que Podíamos Fazer

Título: O Melhor Que Podíamos Fazer
Autora: Thi Bui
Editora: Nemo
Páginas: 330
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora


Sinopse: Esta é uma história sobre a busca por um futuro melhor e saudosismo pelo passado. Explorando a angústia da imigração e os efeitos duradouros que o deslocamento tem sobre uma criança, Bui documenta a difícil fuga de sua família após a queda do Vietnã do Sul, na década de 1970, e as dificuldades que enfrentaram para construir uma nova realidade. O melhor que podíamos fazer traz à vida a jornada de Thi Bui em busca de compreensão e fornece inspiração a todos aqueles que anseiam por um futuro melhor enquanto recordam o passado de privações.

12 de dezembro de 2017

[Resenha] Dissonâncias

Título: Dissonâncias
Autor: David Rocha
Editora: Pedregulho
Páginas: 78
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia do autor


Sinopse: Dissonâncias é a poética das coisas simples, do cotidiano na brevidade dos versos. Os textos vibram e pulsam, ainda que o ímpeto seja de morte. É dessa maneira que David Rocha nos convida a pensar os acontecimentos mais singelos e a romper o asfalto feito feia flor que não se enverga aos calcanhares duros da indiferença e da farda.

11 de dezembro de 2017

[Resenha] Destino Mortal

Título: Destino Mortal (Série Destiny, volume 01)
Autora: Suzanne Brockmann
Editora: Valentina
Páginas: 536
Ano: 2014
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora


Sinopse: Expulso de um grupo de elite de forma desonrosa, o ex-Navy SEAL Shane Laughlin está com seus últimos 10 dólares no bolso quando, finalmente, consegue um emprego para participar de um programa de testes no Instituto Obermeyer (IO), uma fundação de pesquisas e desenvolvimento desconhecida do grande público e que trabalha com atividades secretas.

Logo, Shane descobre que existem certos indivíduos que têm a habilidade única de conseguir acesso a regiões inexploradas do cérebro, com resultados extraordinários, incluindo telecinesia, força sobre-humana e reversão do processo de envelhecimento. Conhecidos como Maiorais, essas raras figuras são criadas ou recrutadas pelo IO, onde, rigorosamente treinadas com o auxílio de técnicas ancestrais, conseguem cultivar seus poderes e usá-los de forma responsável.

No entanto, nas profundezas da segunda Grande Depressão dos Estados Unidos, onde o abismo social entre os que têm muito e os que não têm nada ameaça a ordem de forma definitiva, ricaços imprudentes descobriram uma alternativa sedutora na forma de um novo produto: Destiny. Trata-se de uma droga de fabricação quase artesanal, capaz de transformar qualquer pessoa num Maioral, além de oferecer a atração especial de garantir a juventude eterna para o usuário.

O cartel sinistro conhecido como a Organização começou a produzir Destiny em larga escala, e a demanda pela droga se tornou epidêmica. Poucos, porém, sabem do verdadeiro perigo da nova droga, e são ainda em menor número os que detêm o segredo sujo do ingrediente crucial para a fabricação da substância.
Michelle “Mac” Mackenzie é uma das poucas que conhecem toda a verdade.

8 de dezembro de 2017

[Resenha] A Garota das Sapatilhas Brancas

Título: A Garota das Sapatilhas Brancas
Autora: Ana Beatriz Brandão
Editora: Verus
Páginas: 182
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Acervo pessoal


Sinopse: Daniel Lobos vive a vida plenamente. Dono de um coração enorme, o jovem divide seu tempo entre duas paixões: a música e as causas sociais. Até que seu caminho cruza o de Melissa, uma bailarina preconceituosa e mesquinha, que põe à prova aquilo em que ele mais acredita: que todo mundo merece uma segunda chance.
Este romance mostra, através das lembranças de diversos personagens já conhecidos em O garoto do cachecol vermelho e amados pelo leitor, como as nossas decisões podem afetar o nosso destino. Respire fundo e venha descobrir o que levou Daniel a ter tanta fé em Melissa, quando ninguém mais acreditava nela. Toda história tem dois lados, e agora é a vez de conhecer a do garoto do cachecol vermelho.

7 de dezembro de 2017

Leituras em Novembro de 2017

#CAIXINHA 32