[Resenha] Os Números do Amor

14 de janeiro de 2019

Título: Os Números do Amor
Autor: Helen Hoang
Editora: Paralela
Páginas: 280
Ano: 2018
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora
Sinopse: Um romance que prova que o amor muitas vezes supera a lógica.
Já passou da hora de Stella se casar e constituir família — pelo menos é isso que sua mãe acha. Mas se relacionar com o sexo oposto não é nada fácil para ela: talentosa e bem-sucedida, a econometrista é portadora de Asperger, um transtorno do espectro autista caracterizado por dificuldades nas relações sociais. Se para ela a análise de dados é uma tarefa simples, lidar com os embaraços que uma interação cara a cara podem trazer parece uma missão impossível. Diante desse impasse, Stella bola um plano bem inusitado: contratar um acompanhante para ensiná-la a ser uma boa namorada.
Enfrentando uma pilha cada vez maior de contas, Michael Phan usa seu charme e sua aparência para conseguir um dinheiro extra. O acompanhante de luxo tem uma regra que segue à risca: nada de clientes reincidentes. Mas ele se rende à tentação de quebrá-la quando Stella entra em sua vida com uma proposta nada convencional.
Quanto mais tempo passam juntos, mais Michael se encanta com a mente brilhante de Stella. E ela, pela primeira vez, vai se sentir impelida a sair de sua zona de conforto para descobrir a equação do amor.
Resenha
Stella Lane é uma mulher rica e bem-sucedida, trabalha como econometrista e é muito boa no que faz, os números são a sua paixão. Ela tem Síndrome de Asperger e sente dificuldade em se relacionar com outras pessoas, é sensível a cheiros, não gosta de tumulto e sons muito altos, gosta das coisas em seus devidos lugares e se organiza para tudo. Mas para se tornar mais socialmente aceitável, Stella não conta a ninguém sobre a síndrome e esconde as suas características.

Stella já se relacionou com alguns homens e as (poucas) experiências foram traumatizantes. Mas recentemente a sua família vem fazendo pressão para que ela tenha um namorado, não acham saudável alguém viver para o trabalho o tempo todo. A mãe dela vez ou outra tenta arrumar algum encontro às cegas, o que incomoda Stella. Um colega de trabalho chegou a dizer que ela deve ser ruim de cama por não praticar. Foi quando ela teve uma ideia: Contratar um acompanhante profissional para que ele lhe ensine.
Michael Phan vem de uma família vietnamita e ajuda sua mãe na loja durante a semana, mas as sextas-feiras ele trabalha – secretamente – como acompanhante profissional para conseguir pagar todas as despesas. Michael gosta de fazer designer de roupas, é um estilista talentosíssimo, ele tem o sonho de abrir o próprio negócio e lançar a sua marca. Mas devido a alguns contratempos familiares ele vem adiando seu sonho há anos.

Michael nunca sai mais de uma vez com a mesma cliente, isso para se preservar porque elas podem se apaixonar e não aceitarem bem uma rejeição. Mas com Stella as coisas vão ser diferentes, ela não é uma cliente qualquer, ela é uma mulher diferente de todas as outras com quem ele já saiu, se mostra preocupada com ele, é atenciosa e desperta em Michael sentimentos com os quais ele não está acostumado a lidar.
Stella faz uma proposta a Michael, ela quer contratá-lo como seu professor do sexo e ele aceita. Michael é todo carinhoso e romântico, aos poucos vai conseguindo ganhar a confiança de Stella ao mesmo tempo em que se sente cada vez mais ligado a ela. Após algumas “aulas” Stella faz uma nova proposta, ela sabe que não é muito boa em relacionamentos e pede ajuda a Michael para ensiná-la a se comportar como se estivesse em um, então eles começam a sair juntos como se fossem namorados.

Michael acha que ela não tem problemas em se relacionar, seus momentos juntos foram maravilhosos, ela só precisa ir com mais calma. Mas Stella diz que isso é ele sabe como tratá-la bem, como ser paciente, como fazê-la sentir prazer também. E o que nenhum dos dois admite é que estão apaixonados. Michael se encantou pelo mulherão que é Stella, porém não se acha capaz de competir com todos os caras ricos e inteligentes que a cercam. Já Stella não tem confiança em si mesma, não imagina que alguém como Michael pensaria em assumir algum compromisso com ela.
Minha impressão
Os Números do Amor é uma obra maravilhosamente bem escrita e desenvolvida, com uma história impecável e um romance arrebatador. Os personagens são carismáticos, a trama é envolvente e temos como um dos temas abordados pela autora a Síndrome de Asperger. 

Stella (a protagonista) surgiu quando a autora recebeu seu diagnóstico e então colocou no papel as características que há anos vinha (inconscientemente) escondendo. Foi quando ela começou a pesquisar mais sobre o assunto e descobriu que não estava sozinha. A autora diz que há uma grande diferença “na maneira como o autismo é percebido em homens e mulheres. O que eu havia descoberto em minha pesquisa dizia respeito a homens autistas, mas muitas mulheres, por uma série de razões, mascaram suas peculiaridades e escondem seus traços.”.

Michael e Stella me encantaram, me fizeram rir e chorar, me deixaram com o coração em pedaços e me ensinaram muitas coisas. É uma história gostosa de acompanhar e o final nos deixa com a sensação de quero mais. 

É lindo ver como o amor entre os dois surgiu e como eles lidam com os dilemas, os dois se ajudam e se completam, um apoia o outro. É uma leitura que eu recomendo demais. 

Minha nota para o livro

17 comentários:

  1. Oiee Bea, Nunca mais tinha vindo aqui, amo teu layout hauhauha
    eu não conhecia o livro, mas achei a capa linda, fiquei bem atraida pela leitura, tanto pela aparência quanto pela tua resenha.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  2. Awoon Que linda história!! Esse enredo é encantador, parece que a autora soube como trabalhar com o romance e também com a síndrome em conjunto. Amei esse livro, e já quero ler haha Resenha maravilhosa ^-^

    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem? Esse livro não faz bem meu estilo literário, mas de tanto ver resenhas e comentários positivos estou bem curiosa.
    As vezes é bom sair da rotina e adicionei ele na pilha de leituras. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oiii, amiga, tudo bem?
    Que coisa mais linda essa tua resenha, realmente achei de encher os olhos ainda mais depois da tua avaliação, não conhecia a obra e mesmo assim me senti bem atraída.
    Amei as suas fotos, sempre arrasando!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi Bia!
    Adorei é o tipo de enredo que gosto, uma conveniência aos dois, depois um comprometimento e depois só lendo mesmo o livro para saber kkk, fiquei empolgada vou anotar a dica. Sua resenha está ótima bem explicativa e me deixou curiosa sobre o final, parabéns. Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Eu estou na metade do livro e gostando demais dos dois.
    A autora soube dosar a parte mais erótica com o romance e tornou-se algo mais doce e apaixonante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. oi, tudo bem?!

    Adorei essa resenha, eu gosto de ler romance pra aquecer o coração às vezes e adorei essa dica. Achei a capa do livro linda e a sua opinião terminou de me convencer a ler, adorei! Parabéns pelo trabalho lindo <3

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Amo ler um romance e esse parece ser bem do jeito que gosto.
    Amei saber o que você achou da obra, é ótimo quando um livro desperta ótimas emoções em nós. E claro, sendo bem escrito já é mais um motivo para conhecer a obra.
    A capa é bem linda, e sua foto contribuiu para isso.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu já comentei lá no seu ig que fiquei muito animada com esse livro e agora ler a resenha completa só me deixou ainda mais animada. A premissa da obra é bem interessante, gostei de um dos temas abordados ser a Síndrome de Asperger e parece ser uma obra muito bem escrita e desenvolvida mesmo. Além disso, eu adoro romances arrebatadores e faz um tempinho que não leio um livro assim. Enfim, imagino que seja uma história gostosa de acompanhar mesmo, espero ler em breve.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Já li algumas resenhas muito bacanas sobre esse livro, tenho muita vontade de lê-lo, acho a premissa maravilhosa, parece o tipo de livro que gosto. Espero poder ler esse ano ♥️

    ResponderExcluir
  11. Oi Beatriz, sua linda, tudo bem?
    Descobri esse livro quando estava fazendo pesquisa para o projeto que criei, pois ele trata da síndrome de Asperger. Estava louca para ouvir a opinião de alguém e quando vi que sua resenha era sobre ele, fiquei toda animada. Pelo visto, a autora vai tratar desse assunto com uma outra abordagem. Isso já me ganhou. E já estou apaixonada pelo Michael, pena que ela está escondendo sua doença dele, isso nunca dá certo. Adorei sua resenha, não vejo a hora de ler.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  12. Oiii Bea

    Eu acho que of ato da autora retratar no personagem um drama que ela mesmo vivencia torna tudo mais crível, cheio de sentimento e intenso. Eu nunca li nada que falasse sobre a Sindrome de Asperger e esse me chama muito justamente por conta do tema. Além disso, ja vi várias resenhas elogiando e pelo visto esse livro é daqueles que arrebata o leitor, com romance, drama e carisma na dose certa, sem ser exagerado, mas sim numa trama que se desenvolve de forma natural.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Beatriz!
    É a segunda resenha que leio desse livro, mas você conseguiu deixar bem mais clara a proposta final da autora, que além de ter desenvolvido muito bem um bom romance, ainda nos acrescenta conhecimentos e reflexões quanto a síndrome de Asperger. Gostei bastante da premissa, e dessa vez, anotarei a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Ainda fico confusa em ter uma opinião inicial sobre o livro, confesso hehehe Já li muitas resenhas sobre, tantos positivas quanto negativas, por isso ainda não me decidi se lerei o livro ou não. Acho a questão de trazer uma síndrome não tão conhecida muito interessante, mas tenho medo do modo como trabalharão isso. Enfim, sua resenha está maravilhosa e pelo que vejo adorou bastante <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu li esse livro mês passado e foi uma leitura realmente apaixonante. Eu adorei como a autora abordou a questão da síndrome de asperger e, principalmente, a forma delicada como desenvolveu o romance. Além disso, amei a construção dos personagens e achei todos muito carismáticos. Não vejo a hora de ler os próximos volumes.
    Adorei sua resenha e fico feliz que tenha gostado da leitura também.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Eu ganhei esse livro de presente de aniversário, bom saber que você curtiu a leitura, acho muito bacana o fato de a autora escrever sobre uma temática que ela vivencia.

    ResponderExcluir
  17. Oi Bia, encantada com o enredo, os dois personagens me chamaram atenção, sem falar que é bem difícil um livro cujo o personagem principal tenha a Síndrome de Asperger.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir