27 de julho de 2016

[Resenha] Três Coisas Sobre Você

Título: Três Coisas Sobre Você
Autora: Julie Buxbaum
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2016
Skoob: Adicione 
*Cortesia da editora


Uma trama leve, que segue com um ritmo descontraído, mas que nos traz alertas importantes através de uma jovem que está enfrentando algumas dificuldades. Continue lendo para saber mais
Jessie Holmes, era só mais uma garota com uma família que não era perfeita, mas era feliz. Mas, um dia, sua mãe ficou doente e aquela linda família feliz foi se definhando, até que todo o seu mundo se desmoronou... Sua mãe morreu. Desde então, ela vem contanto os dias exatos que está sem a mãe e nunca mais foi a mesma garota. O pai... Bem, o pai fugiu para se encontrar com uma mulher que conheceu na internet, inventou qualquer desculpa para a filha e quando voltou trouxe uma desagradável surpresa, estava casado!

Essa mulher que ele conheceu é uma milionária e eles precisariam se mudar para a mega mansão dela, o que não deixou a Jessie satisfeita, afinal, já tinha perdido a mãe e agora perderia sua casa, seus amigos, suas coisas... Seu mundo. Mas o pai nem mesmo perguntou a opinião dela, apenas disse que se mudariam e pronto.
A casa da mulher de seu pai, Rachel, é cheia de frescura e ela não se sente nem um pouco à vontade, ainda mais quando o filho de sua madrasta está por perto. Theo é um rapaz espalhafatoso, que marca presença onde quer que esteja e faz questão de deixar bem claro que eles (Jessie e o pai) não são bem-vindas. Ele também perdeu o pai e não aceita a atitude da mãe de ter colocado outro homem dentro de casa.

Jessie vai estudar na escola mais top de Los Angeles, a mesma que o filho de sua madrasta, e lá ela vai sofrer muito com provocações. Os alunos são todos uns nojentos e metidos, ela fica isolada e sem ninguém para conversar. Mas e aí que entra um personagem que nos desperta uma enorme curiosidade, o Alguém Ninguém (AN para os íntimos). AN envia um e-mail anônimo para Jessie dizendo que quer ajudar e mesmo que ela tenha desconfiado no começo, acabou percebendo que as intenções eram mesmo boas e viu nele um amigo.
As conversas com AN passaram a ser diárias, eles conversavam sobre tudo mas ela não consegue descobrir a identidade dele. Até criaram um jogo onde cada um falava três coisas aleatórias sobre si e, com isso, podemos conhecer um pouco mais da personalidade de AN. Conforme Jessie vai se acostumando com a escola e conhecendo um pouco mais dos alunos, algumas possibilidades começam a surgir na mente dela e a dúvida se mantém até o final.

Mesmo que sua vida esteja uma porcaria, Jessie vai tentando seguir assim mesmo. Ela é alvo constante de bullying, as coisas em casa parecem piorar a cada dia e ela se sente sozinha, mesmo que AN seja um amigo para todas as horas, ele não está exatamente presente pois ela nem ao menos sabe quem ele é.
Minha impressão
Eu fiquei viciada nesse livro! A trama é leve e tem um bom toque de humor, que só deixa tudo mais atraente. É uma história muito envolvente, com personagens carismáticos, embora alguns sejam detestáveis e outros a gente vai decidindo se gosta ou não durante a leitura, que acaba se tornando muito fluída e rápida, eu nem percebi quando cheguei na última página. 

A autora aborda assuntos importantes de uma maneira descontraída, o que é ótimo para o público jovem. Mudança, colégio novo, bullying, madrasta e padrasto, as dúvidas com o corpo e os hormônios, amizades e drogas, são alguns pontos abordados no decorrer da trama. Jessie passa por situações difíceis e não tem onde encontrar apoio, não tem com quem desabafar e quando AN surge ela vê nele um escape. 

Um livro super recomendado!!! Ele é voltado para o público jovem mas agrada facilmente todas as idades, pois não vemos personagens imaturos, pelo contrário, Jessie nem parece que é uma adolescente, ela mais parece uma adulta. Preciso dizer que amei???? Eu fiquei tentando descobrir quem era AN, tinha até um preferido e torcia muito para que fosse ele. 

Ah!!! vou entrar na brincadeira também =D

Três coisas sobre mim:
  1. Tenho pavor de borboletas. Não é medinho não, é pavor mesmo, não consigo nem ver fotos!
  2. Nasci no país errado e na época errada.
  3. Meu sabor de pizza preferido é alho, isso mesmo, pizza de alho!
Minha nota para o livro

Nenhum comentário:

Postar um comentário