26 de julho de 2016

[Resenha] O Penúltimo Capítulo

Título: O Penúltimo Capítulo
Autora: Clarice Pessato
Editora: Imprensa Livre
Páginas: 208
Ano: 2014
Skoob: Adicione
*Cortesia da autora


Uma história linda de superação e fé, que nos mostra o quanto somos pequenos mas também o quanto somos grandes se acreditarmos em nós mesmos. Leia a resenha completa para saber mais.
Clarice Pessato sempre foi uma jovem estudiosa e obediente, ajudava em casa da melhor maneira que conseguia e sua família era conhecia na cidadezinha onde moravam. Sem medo de arriscar, mudou-se de cidade para poder fazer um curso e aos finais de semana viajava para poder visitar a família.

Clarice tinha um namorado, Júlio, em uma de suas viagens decidiu voltar de carro com ele até a rodoviária e de lá ele seguiria outro caminho. Mas nenhum dos dois conseguiu concluir o trajeto pois um acidente de grandes proporções aconteceu e eles foram atingidos.
O acidente entre dois caminhões e dois automóveis deixou 29 feridos e teve uma morte. Clarice Pessato foi a que ficou no estado mais grave e correndo risco de morte. Uma jovem de apenas 18 anos de idade. Ficou em coma por muitos dias e sua família não recebia informações dos médicos, apenas sabiam o que estava no prontuário: Estado grave. 

A família pediu um atestado do que afilha realmente tinha e receberam um papel com informações médicas, somente palavras técnicas e ninguém que pudesse lhes explicar o que tudo aquilo significava. Mas puderam compreender que a filha estava tetraplégica e que havia perdido os movimentos de seus membros.
Após muitos dias de coma, Clarice acordou e recebeu a notícia do acidente. Ela não conseguia se lembrar o que aconteceu e não entendia seu real estado. Passados mais alguns dias, recebeu alta do hospital sem qualquer orientação médica, a família sabia apenas que precisavam comprar uma prancha para melhor mobilidade dela. 

Mesmo com todos os limites que o acidente lhe impôs, Clarice jamais perdeu sua alegria e sempre teve esperança. Nunca se deixou abater pelos olhares curiosos, pelas palavras maldosas ou consultas médicas frustadas. Vencer desafios era a sua prioridade e passou a batalhar por seus direitos, para fazer aquilo que acreditava. Sempre tendo a ajuda de sua mãe e família. 
Minha impressão
Eu me emocionei com a história da Clarice Pessato. Eu já conhecia a obra e tinha uma grande curiosidade para saber mais e, por mais que eu conhece a história da autora, jamais pensei o quanto ela poderia me tocar. Autora nos conta a sua história intercalando momentos de antes do acidente e dos dias que se seguiram após o ocorrido, mostrando também com detalhes o tempo que passou no hospital.

Ver que a família não teve apoio médico me deixou indignada. Eles precisavam de mais explicações, instruções e sensibilidade por parte desses profissionais mas tudo o que aprenderam foi graças à pessoas que foram colocadas em seus caminhos para ajudar. Clarice nunca perdeu sua esperança e alegria, diante de tantas dificuldades ela só enxergava a sua fé. 

Alguns anos depois do acidente, Clarice encontrou em Deus todas as respostas que precisava e através de seu belo testemunho passou a ajudar outras pessoas. Eu gostaria de poder falar mais sobre essa obra e sobre as conquistas da autora, mas já falei muita coisa (e olha que ainda tem muito mais). 

Clarice nos mostra que nossos problemas e dificuldades não podem nos oprimir. Que não devemos esmorecer diante dos imprevistos que surgem em nossos caminhos. Por mais que ninguém acredite em nós, devemos sempre seguir em frente pois com a fé podemos alcançar nossos sonhos e realizar o impossível. 
Minha nota para o livro

Nenhum comentário:

Postar um comentário