[Resenha] Mil Palavras

17 de setembro de 2018

Título: Mil Palavras
Autor: Jennifer Brown
Editora: Gutenberg
Páginas: 208
Ano: 2018
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora
Sinopse: O namorado de Ashleigh, Kaleb, está prestes a partir para a faculdade e a jovem está preocupada que ele se esqueça dela. Então, em uma famosa festa de final do verão, as amigas de Ashleigh sugerem que ela mande uma foto nua para ele. Antes que possa mudar de ideia, Ashleigh vai para o banheiro, tira uma foto de corpo inteiro em frente ao espelho, e aperta a tecla “enviar”.
Mas o término do relacionamento do casal é ruim e, para se vingar, Kaleb encaminha a foto para sua equipe de beisebol. Em pouco tempo, a foto viraliza, atraindo a atenção do conselho da escola, da polícia e da mídia local. A pena ordenada a Ashleigh pelo tribunal é prestar serviço comunitário, e é onde ela conhece Mack, um jovem que oferece uma nova chance de amizade, e é o único que recebeu a foto e não olhou.
A aclamada autora Jennifer Brown traz aos leitores um romance emocionante sobre honestidade, traição e redenção, amizade e atração, e integridade, mostrando que uma imagem pode valer mil palavras… mas nem sempre conta a história inteira.
Resenha
"Fechei os olhos bem apertados, tentando respirar fundo, mas toda vez que tentava inspirar, pode sentir as lágrimas de ódio querendo saltar dos meus olhos, lutando para escapar. Odiava Kaleb. Como é que um dia achei que o amava?"
Ashleigh não imaginou que seria vítima de uma vingança pornográfica, tampouco pensou que sendo a vítima ela seria obrigada a prestar serviço comunitário. Sua vida se transformou em um verdadeiro inferno, tudo começou quando ela quis atrair a atenção de seu namorado. Incentivada pelas amigas, Ashleigh cometeu um erro terrível e seria obrigada a lidar com as consequências.

Ash tem dezessete anos e está no ensino médio, Kaleb, seu namorado, está indo para a faculdade e ela teme que a relação deles acabe. Kaleb quer aproveitar os seus últimos momentos na cidade ao lado dos amigos, então sempre deixa Ash sozinha para estar com os amigos e diz para ela que faz isso porque com ela ele vai passar a vida toda, mas com eles tem pouco tempo antes da faculdade.
Ashleigh sente a falta dele, quer que seu namorado seja mais presente, porém não fica pegando no pé dele e aceita ser "trocada" com frequência pelos amigos. Só que ela resolve dar um basta nisso. Ash está em uma festa quando uma de suas amigas diz que se ela realmente quer chamar a atenção de Kaleb tem que mandar uma foto nua para ele. Afinal, o namorado logo vai estar rodeado de universitárias lindas e que vão se insinuar para ele, então ela precisar dar a Kaleb um motivo para se lembrar dela.

Ashleigh tem um pouco de receio, mas por fim concorda com as amigas e vai para o banheiro, tira uma foto nua e envia para Kaleb, que se anima com a mensagem recebida. Alguns dias se passam e nada acontece com a foto, mas Kaleb jura que a apagou e não mostrou para ninguém. Quando ele vai para a faculdade, Ash fica com ciúmes, se ele já não tinha tempo para ela, agora mesmo é que não tem e para piorar, quando ela liga para o celular dele é uma garota que atende.
Os dois começam a brigar e o namoro que já estava frio termina de vez, ele volta para a cidade e termina com ela. As amigas vão até a casa dele e aprontam, deixando Kaleb furioso, mas ele acha que foi a Ash e decide se vingar. Kaleb pega a foto dela e envia para a sua lista de contatos. Em pouquíssimo tempo a foto viraliza e Ashleigh se vê no meio de um escândalo: seu celular não para de receber mensagens ofensivas;as pessoas - incluindo as amigas - se afastam dela; seu pai pode perder o emprego;  a imprensa toda divulga o ocorrido; sua família sofre; ela é afastada da escola... Mas isso é só um resumo, porque a coisa fica muito mais feia.

Ashleigh é a vítima, mas é condenada por distribuição de pornografia infantil. Ela precisa cumprir sessenta horas de serviço comunitário, sua tarefa é preparar conteúdo para ser distribuído em escolas, como pôsteres e folhetos. Em suas pesquisas, ela encontra muita coisa a seu respeito e se magoa ao ver o quanto falam mal dela e de seus pais. Ash ela é rotulada pela sociedade e ninguém nem mesmo pensa em ver como ela está por ter tido a sua intimidade exibida sem o seu consentimento.

No momento em que ela mais precisa de um apoio, todos a abandonam. E é no local mais improvável que ela encontra alguém para lhe amparar. Mack é misterioso e Ash não sabe quase nada sobre ele, mas a amizade entre os dois se fortalece a cada dia e com ele Ash aprende a não deixar que a sua identidade se perca, ela não é aquilo que dizem!
Minha impressão
Mil Palavras é um verdadeiro alerta - principalmente aos jovens, mas não se restringe a apenas a eles - e traz em suas páginas uma história intensa e muito realista sobre a vingança pornográfica. A autora tem uma escrita envolvente, ela consegue nos levar para dentro da leitura e sofremos junto com a protagonista.

Ashleigh foi ingênua ao enviar a foto nua para o seu namorado, mas ela o amava e seguiu o conselho de suas amigas, ela não esperava que ele fosse vazar a foto e que tudo ia tomar proporções gigantescas, colocando-a como culpada. Mas é justamente no amar e confiar que mora o perigo, ninguém nunca espera que a outra parte do relacionamento seja capaz de algo tão sujo e  obra aborda o tema com mestria e deixa uma mensagem muito importante.

Uma das coisas que eu mais gostei na leitura foi o fato da autora não ter inserido um romance entre Ashleigh e Mack, ela não estava em um bom momento e se houve um namoro entre eles poderia estragar a história. Mack é o amigo que ele precisava, através dele ela aprende que não pode se deixar levar pelo que dizem a respeito dela e que não pode perder a sua identidade. É uma amizade muito bonita.

Minha nota para o livro

12 comentários:

  1. Sua resenha me deu uma nova animada. Pois o que li de crítica ruim a esse livro. Eu já conheço a autora e adoro a escrita.. Mas tinha ficado com pé atrás.. No skoob teve um bom índice de rejeição do público. Adorei sua resenha e me reaninou para comprar o livro e ler.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Menina, essa autora gosta de uns temas polêmicos, não é mesmo? Ainda não consegui ler nada dela, mas quero muito, principalmente "A lista negra". Ainda não sabia deste livro, mas sem dúvidas já vai entrar para a minha listinha. Amei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Caramba, que livro pesado. Tenho uma amiga que já leu e diz que essa autora adora uma polêmica, você acha que é verdade?
    Bem, só sei que adorei a sua resenha e fiquei morta de vontade de ler! Quero muito!
    Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  4. Oiii Bea

    A temática desse livro é interessante demais, quero muito ler pra conhecer como a autora desenvolveu toda a questão da vingança pornográfica e os efeitos na vida da Ash. Não li ainda mas pelo tema achei coerente e correto a autora não forçar a barra no romance, antes disos preferindo retratar uma amizade sincera.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Bea!
    Eu adoro essa autora porque ela sempre introduz temas extremamente importantes em sua obra, ne? Lembro de como fiquei chocada quando li A lista negra. Esse livro me lembrou 13 segundos da Bel rodrigues, e ambos trazem um aviso necessário e importante sobre esse tipo de situação. Achei interessante não apelar para o romance, creio que realmente nao cabia na obra.

    ResponderExcluir
  6. Olá, pelo que conheço da autora, ela trabalha questões importantes de forma bem realista. Sua resenha ficou ótima e me deu ainda mais a certeza de querer ler Mil palavras. A obra traz uma temática bem atual, muitas pessoas podem passar pelo que a protagonista passa.

    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Bia, que resenha emocionante! Estou muito animada para realizar a leitura desse livro e pensando: "Nossa, como assim o ex-namorado envia a foto e ela que precisa pagar pena? " Mas, eu entendi a situação quando cheguei no final da resenha e com toda certeza irei ler o livro.

    O maior problema da jovens de hoje é que elas confiam cegamente nas amizades erradas, não escutam os conselhos dos pais e acabam prejudicando toda a família. Eu sou professora e aconteceu uma situação parecida na escola onde eu trabalhava ano passado, todas as "amigas" da minha ex-aluna deixaram de falar com ela, depois que a foto vazou no whatss. Felizmente, a justiça foi feita para quem mereceia.

    Bom, espero que a autora tenha dado um final descente para os outros personagens envolvidos na história, principalmente o ex-namorado. Esse livro nada mais é do que um alerta para as jovens de hoje, nem todo mundo é confiável.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Já ouvi falar da autora e realmente o tema é bem pesado. E com toda certeza serve de alerta, vingança pornográfica ou crimes relacionados a internet ainda possuem pouca punição já que é algo mais novo.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? Acho um assunto tabu que muitas pessoas não gostam de falar, mas importantíssimo ser retratado em um livro e ser debatido. Sei que a autora tem também outro livro com tema muito bom de ser falado, por isso tenho mega vontade de ler algo dela ainda. Sua resenha me deixou bem contente com o que posso encontrar!
    Adorei!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Desde que li a duologia Profundo, tenho desejado ler outras obras sobre porn revenge e temáticas parecidas. Por ser um livro da Jennifer, uma autora que adoro, fiquei bastante interessada nessa leitura, recentemente li umas resenhas não tão positivas, mas, ainda assim quero fazer essa leitura.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. é um enredo no mínimo interessante, me certa forma, em alguns trechos de sua resenha, lembrei de Pssica, apesar de Pssica ser mais denso tem algumas semelhanças. Acho que Mil Palavras está bem no contexto juvenil e principalmente adolescente, preciso ler, talvez possa usar na sala de aula.

    ResponderExcluir
  12. Oi Bia,
    Esse livro tinha tudo para ser uma leitura que me agradaria, mas foi uma tremenda decepção, não gostei da forma como a autora trabalhou o fato de a Ash ter enviado a foto e, infelizmente, preciso discordar de você que foi uma ingenuidade dela, pois ela o fez porque gostava do Kaleb. A ingenuidade - e toda a culpa, aliás - cai sobre ele por ter divulgado algo que era privado.
    Acho que até entendo, de certa forma, o fato de a Ash ter sido condenada, mas não consigo gostar desse livro e nem o vejo como alerta, mas sim, como uma apologia para mostrar que a vítima é culpada.
    É legal conhecer impressões diferentes da nossa, pois nos dá uma nova perspectiva, então, amei ler sua resenha, apesar de não concordar com o que você sentiu ao ler :)
    Beijos

    ResponderExcluir