[Resenha] Gritos no Silêncio

3 de setembro de 2018

Título: Gritos no Silêncio
Autor: Angela Marsons
Editora: Gutenberg
Páginas: 320
Ano: 2018
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora
Sinopse: Os segredos mais obscuros não podem ficar enterrados para sempre…
Na escuridão da noite, cinco figuras se revezam para cavar uma sepultura, um pequeno buraco em que enterram os restos de uma vida inocente. Ninguém diz nada, e um pacto de sangue os une…
Anos mais tarde, Teresa Wyatt é brutalmente assassinada na banheira da sua casa, e, depois disso, mais mortes violentas começam a acontecer. Todas as vítimas têm algo em comum, e a detetive que encabeça o caso, Kim Stone, logo percebe que a chave para deter o assassino que está semeando o pânico na cidade é resolver um crime do passado.
Só o que ela sabe é que alguém esconde um segredo e está disposto a fazer qualquer coisa para que nada seja revelado.
Resenha
Há dez anos, um crime hediondo aconteceu em um orfanato para meninas. Mas ele não foi um caso isolado e logo a polícia descobriria isso. Crestwood era o lugar para onde mandavam as garotas mais problemáticas, muitas delas sofreram abusos e todas tinham algum trauma. No orfanato deveria haver pessoas para cuidar delas, mas não era sempre assim, às vezes algumas coisas ruins aconteciam.

Mas chegou um momento em que a situação saiu do controle e cinco pessoas fizeram um pacto para esconder as coisas sórdidas que foram feitas ali. Uma cova clandestina. Uma vida inocente. Eles enterraram os seus segredos e acreditaram que assim estariam seguros, mas chegou s hora de pagarem pelos seus crimes...
A Detetive Inspetora Kim Stone é uma mulher que não abaixa a cabeça e segue sempre os seus instintos. Kim tem o respeito de sua equipe e eles a seguiriam para todo lado, mas é difícil trabalhar com ela, ela á uma chefe bem rigorosa e linha dura. Kim está à frente de um caso complicado e a morte de Teresa Wyatt foi só a ponta do iceberg.

Teresa é encontrada morta e o responsável pelo assassinato ainda provoca um incêndio para chamar atenção da polícia. Pouco depois, Tom Curtis também é assassinado e Kim uma ligação entre os dois casos, ambos eram funcionários de Crestwood. E as mortes aconteceram justamente quando um professor pediu autorização para fazer escavações no terreno, ele acreditava que encontrariam moedas valiosas, mas recebeu uma ameça e se continuasse a escavar a sua esposa morreria.
Fica claro para Kim que alguém não quer que o terreno do orfanato seja revirado, então ela e sua equipe o vasculham e encontam um corpo, a perícia inicial não pode revelar muito, mas adianta que possivelmente se trata de uma menina adolescente e ela sofreu, teve o pé fraturado para evitar que fugisse e tentaram arrancar a sua cabeça enquanto ainda estava viva.

Diante dessa situação, a detetive Kim precisa entender o que exatamente aconteceu no passado para evitar mais mortes e colocar na cadeia o responsável por tudo isso. As linhas de investigação começam a apontar para apenas um lado, mas seria o caminho certo?
Minha impressão
Gritos no Silêncio é uma obra genial, desperta a curiosidade de nós, leitores, já na sinopse e ao ler a primeira página somos fisgados pela trama. Angela Morsons possui um escrita muito fluída e construiu uma história tão instigante que não dá vontade de parar de ler até descobrir todos os segredos.

O livro aborda temas muito importantes e os explora de uma maneira muito intensa, vemos como é difícil a vida em orfanatos e como as crianças pulam de família em família; a negligência dos pais e o sofrimento das crianças ao serem abandonadas e jogadas para adoção; o abuso físico e psicológico sofrido por meninas inocentes que têm a sua infância roubada por quem deveria amá-las e protegê-las.

A detetive Kim sabe bem como é viver em orfanatos, ao longo da trama nós podemos acompanhar um pouco do passado dela e entender porque esse caso mexe tanto com ela. Kim não tinha expectativas de vida, ninguém acreditava que ela fosse se tornar alguém na vida e ela conseguiu dar a volta por cima, mas há muito mais e aos poucos a autora vai soltando como foi a vida da detetive.

O final é realmente surpreendente, eu tinha certeza de que o assassino seria um determinado personagem, a autora conduz tudo para nos fazer acreditar nisso, mas aí ela vem e nos mostra como as coisas foram meticulosamente planejadas. Eu meu perguntei como não tinha percebido nada antes, é muito inteligente!

Esse é um livro extraordinário e indico demais a leitura!

Minha nota para o livro

15 comentários:

  1. Estou mega ansiosa para ler esta história. Minha amiga Carol vai enviar o livro para mim. Ler sua resenha me deixou mais empolgada ainda.. Apesar de ter visto algumas críticas ruins por aí.. A maioria gostou bastante da história. E sabe né Bea, que esse é totalmente meu número, meu gênero.. meu estilo..
    Agora é aguentar a ansiedade.

    Beijos.

    www.alemapginas.com

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    A premissa desse livro me lembrou alguns episódios de Chicago PD, série de TV que fiquei no último mês, ao invés disso me desencorajar, só me deixou mais curiosa para saber se a autora trabalhará isso de forma diferente ou não. Além disso, narrativas fluidas me encantam, ás vezes nem estou curtindo tanto a leitura, mas só de ser cativante, continuou lendo haha. Irei anotar essa dica, espero ler em breve.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, realmente esse livro desperta muita curiosidade logo na sinopse, achei a história bem impactante, por se tratam de um assunto um pouco delicado e que a maioria das pessoas nunca falam isso em um livro, eu ainda não conhecia esse livro, mas confesso que dispertou um interesse em ler para saber o que ira acontecer, quanto a personagem Kim, gostei dela,por mais que essas investigações mexer um pouco com ela por causa do orfanato, ela não deixou que isso abalasse a sua vida profissional, excelente resenha 😊.

    ResponderExcluir
  4. O livro parece mega curioso e a personalidade de Kim, fortíssima. Vou anotar aqui. Fiquei curioso para lê-lo.
    Um beijo!

    www.RapeizeDinamica.biz | @english.tips.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Bea, eu adoro suas dicas! Não conhecia essa obra mas já fiquei super curiosa, principalmente pra ver como essa realidade nos abrigos é retratada, porque como você colocou, é triste demais! Eu achei a capa lindíssima e demonstra toda a intensidade da obra!

    ResponderExcluir
  6. Oi Bia!
    Recebi meu livro há um tempo e dei uma foleada nas primeiras páginas, a história me prendeu muito porque já começa com uma cena incrível. No entanto, como tinha outros livros na pilha para ler, consegui colocá-lo na TBR apenas desse mês.
    Saber que o livro te agradou tanto assim e que a leitura foi extremamente fluída só me faz querer ler esse livro para ontem. Assim que terminar o que comecei hoje, vou pegá-lo e espero gostar como você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Menina, nunca li livros que tenham algo a ver com orfanatos, então só por isso já fiquei curiosa para ler. Não conhecia a obra ainda, mas parece ser realmente uma história incrível e surpreendente. Amei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Eu quero ler esse livro desde que eu vi a capa pela primeira vez e saber que o livro tem investigações e ameaça de morte me deixou ainda mais curiosa para saber mais da historia da detetive kim e do rumo das investigações estou com minhas expectativas muito altas em relação a historia espero não me decepcionar

    ResponderExcluir
  10. Oiii Bea

    Eu amo thrillers, principalmente os que trazem fatos novos que destacam de outros do gênero, nunca li sobre por exemplo vida nos orfanatos e acho bacana isso ser retratado e a Kim ter parte nisso. A sinopse desse livro é maravilhosa, eu já queria ler desde que foi publicado. Espero que a editora publique logo os outros livros da série.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Bia!
    Eu adoro livros que trazem suspense, mistério e uma detetive bem marcante.
    Não conhecia o livro. Amei a capa! Saber que a gente é fisgado pela trama já na primeira página me anima demais.
    Tenho lido suspenses um atrás do outro e estrava procurando mais um para ler e acho que acabei de encontrar.
    É sempre assim, neh? O autor conduz tudo pra que acreditemos cegamente que fulano é o assassino e Páááá!! Joga na sua cara uma ouotra pessoa ou outra coisa que a gente nem esperava. Adoro livros assim!
    Beijosss!!

    ResponderExcluir
  12. Realmente concordo com você que a leitura aborda temas muito interessantes, eu iniciei a leitura mas ainda não finalizei, na verdade fui desafiada em ler esse livro e como ainda não finalizei não estou apta a dar uma opinião certeira, mas ler a sua resenha só me deu mais gás ainda para finalizar ela.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Bea!
    Como sempre, trazendo uma dica maravilhosa pra gente, né? Eu ando cada vez mais apaixonada por esse gênero e tenho certeza que eu ficaria louca tentando adivinhar as coisas enquanto lesse, porque sou dessas hahaha
    Adorei a resenha e espero consegui ler em breve.
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Adoro esse tipo de livro em que a gente não percebe quem é o real culpado, mas quando vem o desfecho acha tudo bem inteligente e se questiona como não percebeu antes. Desde que vi o lançamento desse livro me interessei por ele, e depois da sua resenha só tenho mais certeza de que quero ler. Essa vida em orfanato e passando por famílias deve ser sofrida demais. :(

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Só de saber que tudo é tão empolgante e curioso me deu vontade de passar na frente da fila dos livros hehehehe. O livro deve transitar bem entre o drama e o suspense, dois gêneros que gosto bastante!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir