23 de agosto de 2016

[Resenha] Pecados no Inverno

Título: Pecados no Inverno (Livro 03)
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2016
Skoob: Adicione
*Cortesia da editora


No terceiro volume da série As Quatro Estações do Amor, dois personagens já bem conhecidos por nós vão se unir em um casamento apenas por conveniências. Leia a resenha completa para saber sobre o casal e alguns detalhes da trama.
NÃO CONTÉM SPOILER DOS VOLUMES ANTERIORES 

Confira as resenhas dos outros livros da série:
Segredos de Uma Noite de Verão (01)
Era Uma Vez no Outono (02)
Na série, quatro amigas que já estão no limite da idade para se casarem e ainda continuam solteiras, arquitetam um plano para conseguirem um marido para cada uma. Em cada um dos volumes nós acompanhamos a história de uma das amigas e vemos como os planos vão sendo colocados em prática. Mas no terceiro volume não é bem assim, uma das amigas precisou fazer algo radical para tentar se livrar do sofrimento que vivia: ela propôs casamento ao maior devasso que já se teve notícias.

Evie é uma jovem muito tímida, sofre com uma gagueira que quanto mais nervosa fica, mais ela gagueja. É filha de um senhor muito rico e dono de uma casa de jogos. A sua mãe morreu pouco depois do parto e como o pai não podia mantê-la no ambiente em que morava, teve que mandá-la morar com a família da mãe. Sempre foi muito maltratada e era mantida sob uma rigorosa criação, agora que seu pai estava morrendo os tios precisavam casá-la para colocarem as mãos em sua herança.
Nenhum rapaz da cidade se interessava por ela e seu acanhamento os afastava, então a família teve a ideia de casá-la com um primo muito desagradável e que não tinha intenções de se mudar, ou seja, depois de casada ela continuaria morando com os tios, sendo ainda mais humilhada e sem poder usufruir da herança de seu pai. Evie ficou desesperada e quando o primo lhe confidenciou que o anúncio do casamento seria em poucos dias, ela não pensou duas vezes e foi procurar por Sebastian, lorde St Vincent.

Sebastian é um libertino assumido e sua fama vai longe. No volume anterior (Era Uma Vez no Outono), ele fez uma coisa terrível em troca de dinheiro. Sabendo que a condição financeira dele não está nada bem, Evie o procurou para que se casasse com ela. Ciente de que nunca conseguiria uma chance parecida com essa, Sebastian aceita a proposta e Evie lhe diz que tem uma condição.
Para se casar com ela e ter a sua herança, eles consumariam o casamento para que ele não fosse anulado e depois disso jamais dormiriam juntos outra vez. Evie sabe muito bem o tipo de homem que é Sebastian e não quer entrar para a enorme lista de mulheres apaixonadas que foram descartadas por ele. Para Sebastian o acordo era perfeito já que dormir com a mesma mulher mais de uma vez era tedioso.

Só que o convívio com Evie está mexendo com a cabeça (ou seria melhor dizer coração?) de Sebastian e tudo o que ele sempre evitou, parece está acontecendo de uma só vez. Mas nem ele e nem Evie consideram a hipótese de um relacionamento, o casamento é apenas um acordo e estão cumprindo com seus papéis.
"- Quero respirar o ar de seus pulmões e deixar as minhas marcas em sua alma. Quero lhe dar mais prazer do que você pode suportar. Quero fazer amor com você, Evie, como nunca fiz com ninguém"
Minha impressão
Eu estava muito ansiosa por esse livro, o final do volume anterior foi muito tenso e quando vi que esses dois seriam o casal protagonista eu não havia acreditado. Sebastian é um personagem que pode ser odiado por muita gente e acho que ninguém torce por ele enquanto está lendo, mas aos poucos ele vai nos conquistando e acabamos o livro encantados!!! Difícil de aceitar, não é mesmo? Mas, acredite, Vincent ganha o coração dos leitores nesse volume. 

Evie me surpreendeu bastante com suas atitudes nesse livro. Ela supera seus limites para alcançar aquilo que deseja e torna-se uma jovem ousada, forte, decidida e destemida. Características que fazem com que o marido fique cada vez mais interessado por ela. 

A trama é muito envolvente e se mostra mais intensa com o virar das páginas. Dessa vez, não vemos tanto a participação de personagens dos outros volumes e as amigas só aparecem um pouco no final. A autora soube explorar muito bem as diferenças entre o casal e nos presenteou com um romance encantador e profundo, que faz o coração palpitar durante a leitura e muitas vezes nos tira o fôlego. O melhor livro da série até agora!!!

Minha nota para o livro

Nenhum comentário:

Postar um comentário