30 de junho de 2016

[Resenha] Amores Desencontrados

Título: Amores Desencontrados
Autora: Simone Borges
Editora: SPZ Editora
Páginas: 328
Ano: 2016
Skoob: Adicione



Mônica e Samuel se conheceram no orfanato quando eram crianças mas foram adotados por famílias diferentes e se separaram. Anos mais tarde, se reencontraram por acaso e todo o sentimento que estava esquecido, ressurgiu. Continue lendo para saber mais.
Mônica foi abandonada pela mãe biológica e quando foi levada para um orfanato sentia-se sozinha e isolada. As outras crianças não se aproximavam e algumas até implicavam com ela. Foi nesse período de adaptação que ela conheceu Lucas e Samuel, dois irmãos que foram para o orfanato após a morte dos pais em um acidente.

A amizade foi imediata e os três tornaram-se inseparáveis. Samuel passou a defendê-la das outras crianças e a tratava como se fosse seu pai, o que a incomodava. Depois de três anos os meninos foram adotados, deixando Mônica sem chão. Ela sentiu tanta falta deles que acabou adoecendo e foi parar no hospital, lá ela conheceu uma médica que se encantou por ela e a adotou.
A médica não podia engravidar e acolheu a Mônica com todo o seu coração. Ela era casada e seu marido já tinha dois filhos do casamento anterior, Eduardo e Emily. O começo não foi fácil e Mônica estranhou bastante, mas depois foi se acostumando e passou a reconhecê-los família. Sempre se perguntou se Samuel e Lucas recebiam o mesmo carinho que ela e se estavam bem.

Os novos irmãos de Mônica a tratavam de maneira diferente. Enquanto Emily tornou-se a sua melhor amiga, Eduardo parecia não aceitá-la. Durante o seu crescimento, Mônica foi discriminada por ser adotada e nunca teve amigos, sua única amizade era com a irmã. Mônica também percebeu uma mudança no comportamento de Eduardo mas nunca entendeu que o motivo da rejeição era o sentimento forte que ele nutria por ela, e não era como irmão.
Mônica cresceu e tornou-se pediatra, não gosta muito de sair e não tem muita experiência com namorados, na verdade ela só teve um. Certa noite, atendeu ao pedido de sua irmã e foi para uma comemoração, mas estava receosa pois seu irmão Eduardo estaria lá. Ao chegar no local, ela foi pega de surpresa quando se deparou com aqueles meninos que ela pensou por tantos anos, seus amigos do orfanato, Lucas e Samuel.

Ela ficou muito feliz ao reencontrá-los, mas toda a atração que sentia por Samuel voltou muito mais forte do que antes e quando ela percebeu que ele estava noivo viu seu mundo cair novamente. Samuel também era apaixonado por ela e passou anos a procurando, ele não amava a noiva e seu casamento era apenas por sentir um enorme carinho pela Susi. Mônica e Samuel foram unidos novamente pelo destino mas o relacionamento entre eles era proibido. No entanto, o verdadeiro amor quebra todas as barreiras e vence qualquer dificuldade. Será?
Minha impressão
Amores Desencontrados é o primeiro trabalho de Simone Borges e sua estréia foi boa. Eu gostei do desenvolvimento da história e o enredo me cativou logo nas primeiras páginas. É uma leitura rápida e os capítulos são curtos. Eu gostei bastante da autora ter intercalado a visão dos personagens em cada capítulo, de maneira que cada um narre alguns acontecimentos e isso nos deixa curiosos para saber o que o próximo personagem vai falar ou fazer sobre determinado assunto. 

É um romance erótico onde as cenas hot são bem fortes e acontecem com uma certa frequência. Um ponto que me deixou incomodada foi o linguajar utilizado pelos personagens durante as cenas sexuais, em alguns momentos as palavras e expressões foram um pouco mais baixas, mas isso não acontece durante toda a trama. 

Quem eu mais gostei foi a Susi, ela tinha tudo para ser a "vilã das vilões" mas eu gostei muito dela, até por que alguns dos capítulos são narrados por ela e podemos ver o seu ponto de vista da história. Mônica, apesar de ser muito ingênua, vai amadurecendo no decorrer da história e percebendo a maldade de Eduardo (seu irmão adotivo). Samuel me decepcionou um pouco com suas atitudes, mas depois ele me ganhou novamente com uma cena totalmente inesperada. Ele é um homem de gênio forte e impulsivo demais, acabou assustando a Mônica com o seu jeito mais "selvagem" e por gostar de algumas práticas mais ousadas, e até mesmo perigosas, durante as relações sexuais.

Enfim, para quem não está acostumado pode estranhar um pouco pois a autora escreve abertamente e sem pudor. É uma obra indicada para quem gosta de livros hot. Ah!!!!! No final tem uma surpresinha, e que surpresinha!!!! Adorei terminar a história e depois do epílogo me deparar com... Bem, só lendo para saber o que tem no final.

Minha nota para o livro
(Bom)

Clique na seta para ver mais fotos

Nenhum comentário:

Postar um comentário