25 de junho de 2016

Pirataria pode impedir a publicação do próximo volume dos Irmãos Maddox

No dia 23 de Junho de 2016, a autora Jamie McGuire manifestou publicamente a sua opinião sobre a pirataria brasileira e anunciou que não publicará o novo livro da série aqui no Brasil. Mas vamos entender melhor o caso. Leia a postagem completa.

A autora recebeu um e-mail de sua editora brasileira, Verus Editora, informando que o próximo volume da série foi traduzido ilegalmente no Wattpad. A editora mostrou preocupação com as vendas do livro pois, uma vez que haja uma versão (ilegal e mal traduzida) gratuita circulando na internet, isso pode refletir consideravelmente nas vendas da obra original.

A autora postou em seu blog uma carta (clique aqui para conferir na íntegra) onde anuncia que não publicará o seu novo volume aqui no Brasil, ela diz que nem todos que leem PDF compram o livro quando ele é publicado (ela está certa). A editora faz um grande investimento para legalizar a obra e se uma versão ilegal é disponibilizada as vendas caem pois muita gente deixa de comprar. Claro, existem aqueles que leem o PDF e depois compram, mas vamos parar para pensar: Se leu o pirata não é uma maneira de compactuar com a pirataria? É o mesmo caso do filme que ainda está no cinema e tem pessoas procurando uma versão gravada disponível, grátis, na internet. Ou aquela série completa que a pessoa tanto quer mas, que por ser um pouco mais cara, acaba comprando o pirata. É a mesma coisa! Não é por ser um livro que é diferente. A autora não pode produzir livros de graça, em profissão nenhuma é assim, afinal, ela também tem contas à pagar. A editora também não pode publicar um livro que corre o risco de ter menos vendas e perder todo o investimento que fez.

Depois que a autora publicou a carta, muitos leitores brasileiros deram suas opiniões. A maioria ficou envergonhada com a situação e até entendeu os motivos da Jamie, mas ainda quer a versão original e não a ilegal. Porém, também tiveram aqueles que defenderam a pirataria dizendo que livro é muito caro ou que demora muito tempo para publicar aqui no Brasil e, até mesmo, aqueles que desrespeitaram a autora. Nada justifica a pirataria e nem o desrespeito.

Entendemos o lado da autora e da editora, mas deixar de publicar um livro por ele já estar disponível no wattpad pode acabar fazendo com que a procura pela versão pirata seja ainda maior. Queremos deixar claro que não somos à favor da pirataria, somos COMPLETAMENTE CONTRA. Não lemos PDF (a não ser que o próprio autor tenha enviado aos nossos blogs) e somos contra a distribuição do mesmo. A série possui muitos fãs, muita gente é apaixonada pelos Irmãos Maddox e com certeza os fãs de verdade não vão ler o pirata, como ficam esses fãs? Quem não lê de forma ilegal vai fazer como para ler? Aprender inglês para ler a versão original da autora?
Por esse motivo, queremos convidar os leitores para fazerem parte de um movimento nas redes sociais. Nós dos blogs Conchego das Letras e De Bem Com a Leitura, convidamos todos os blogueiros e leitores para ajudarem a limpar o nome do Brasil e pedir para que a série continue a ser publicada aqui. A pirataria não é a maioria, temos que nos unir para mostrar isso. 
Vamos fazer barulho nas redes sociais. Poste uma frase ou foto com as hashtags:  #APiratariaNãoMeRepresenta #VerusPubliquemOsIrmãosMaddox #JamieMcGuireReconsidere #IrmãosMaddoxJá 

Vamos juntos mostrar que os verdadeiros leitores, aqueles apaixonados pela leitura e que levantam a bandeira da literatura, não aceitam a pirataria e são totalmente contra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário