19 de setembro de 2016

[Resenha] A Vampira

Título: A Vampira
Autora: Martina Romero
Editora: Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 256
Ano: 2016
Skoob: Adicione
*Cortesia da autora


Há mais de três séculos, Katherine Miller foi transformada em vampira e hoje ela é um verdadeiro monstro, conhecida por não ter piedade de suas vítimas. Mas nem sempre foi assim... Algo em seu passado provocou a mudança. Continue lendo e saiba mais.
Catarina era apenas uma camponesa, morava com a sua família em uma região que hoje conhecemos como Itália. Ela apaixonou-se pelo nobre Daniele Toronto e durante dois meses viveram um belo romance, até que ele lhe revelou o seu segredo: Ele era um vampiro.

Para eternizarem o amor, pouco tempo depois, Daniele a transformou em uma vampira e lhe ensinou como ela poderia viver dali para frente, mostrou como poderia voltar a caminhar durante o dia e mostrou como ela poderia adquirir muitos outros poderes, porém a maneira como os conseguiria não a agradava e por muito tempo ela evitou ir em busca deles.
Eles amaram-se intensamente por oito anos, mas inimigos de Daniele estavam atrás dele e os dias ficavam cada vez mais perigosos. Então Daniele percebeu que era preciso deixar a sua amada para mantê-la em segurança. Mesmo contra a vontade de Catarina, ele partiu e prometeu que sempre a protegeria, mesmo que de longe. Foi a última vez que ela o viu. A dor da separação foi imensa e Catarina nunca mais foi a mesma, aquela garota amorosa, gentil e doce, morreu no instante em que foi abandonada. Naquele momento nasceu dentro dela Katherine Miller, a vampira impiedosa e sedenta.

Anos se passaram e Katherine constantemente se mudava, para evitar que descobrissem sua imortalidade. Há dois anos estava morando em Nova Orleans, havia terminado a escola se matriculado em uma universidade. Já tinha se formado várias vezes mas gostava de estar sempre aprendendo coisas novas. Dessa vez escolheu cursar medicina, mas seus planos de terminar a faculdade logo mudariam.
Desde que foi abandonada, o único sentimento que nutria por Daniele era o ódio, ao pondo de desejar matá-lo. Quando o viu na mesma universidade ficou furiosa, mas quando ficaram de frente pela primeira vez ele a alertou. Disse que ela estava correndo perigo, que havia um caçador pelas redondezas que estava atrás dela. Ela recusou a ajuda dele e disse que poderia se cuidar sozinha, como vinha fazendo há trezentos anos, sem a ajuda dele.

Katherine tenta não se aproximar  de Daniele novamente e quer matar o caçador sozinha. Mas esse caçador, o último de uma importante linhagem, é mais poderoso do que ela imaginava e é aliado de grupo inimigo de Katherine que busca vingança.
Minha impressão
A escrita da autora é atual e muito fácil de acompanhar, preciso destacar que também achei muito madura para a idade dela, Martina Romero tem apenas 13 anos mas nos apresenta uma história bem desenvolvida e estruturada. 

Algo que fica notável é a luta interna de Katherine, ela aprendeu a ser intolerante e cruel. Quando foi abandonada pelo Daniele ela se virou contra tudo, passou a ser um monstro temido e não se arrependia de nada, gostava de ser assim. Mas quando ele apareceu para alertá-la do perigo, mesmo sem querer, ela começou a reviver aquela Catarina, a camponesa dócil e amorosa e detestou ver o quão vulnerável estava ficando. Isso pode causar um pequeno incômodo na leitura em algum momento, pois ela passa a ter atos mais imaturos e inconsequentes, Para uma vampira de mais de trezentos anos, algumas vezes, ela age como uma adolescente irritante que não quer ser contrariada. Mas digo que isso não vai atrapalhar o andamento da história e nem impedir a leitura, é apenas uma observação. 

Outros personagens vão aparecer no decorrer da trama e cada um deles vai ter uma importante participação, quero destacar além do caçador, claro, outros dois. Primeiro falo de Tatia, o fantasma de uma bruxa que, de certa maneira, é amiga de katharine e aparece algumas vezes trazendo boas lições. Mas quero mesmo é falar do Jesse!!! Um vampiro todo charmoso que ganhou uma atenção especial de Katherine e é motivo de ciúme para Daniele. Confesso que fiquei dividida entre querer que ela voltasse para o ex-namorado, que havia retornado para protegê-la (depois de três séculos de tê-la abandonado, assim fica difícil né, meu amigo?) e querer que ela embarcasse em um novo amor. 

O primeiro livro da autora já nos mostra que ela tem um grande potencial para a escrita. A Vampira está mais voltada para o público juvenil mas sua história pode agradar leitores de todas as idades, principalmente aqueles que gostam do tema. Agora eu preciso falar, essa resenha já ficou gigantesca e olha que tem é coisa ainda nessa trama! 

Minha nota para o livro

Nenhum comentário:

Postar um comentário