[Resenha] Sonhei que Amava Você

31 de outubro de 2018

Título: Sonhei que Amava Você
Autor: Tammy Luciano
Editora: Valentina
Páginas: 296
Ano: 2014
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora
Sinopse: Ele estava vivo nos meus sonhos. E que sonhos! Mas era pouco. Eu queria ele na minha vida. Uma história cativante e inesquecível, cheia de mistérios e perguntas a serem respondidas. Pode um grande amor existir somente enquanto sonhamos? Kira, aos 22 anos, está apaixonada, vivendo um momento único de amadurecimento pessoal e profissional. Quem é o sedutor garoto que transforma suas noites em poesia e êxtase? Mas, apesar do maravilhoso momento que está vivendo, a garota terá que enfrentar obstáculos e barreiras. Mas sabe que a vida reserva o melhor para o final. Um convite para dar asas à imaginação e aquecer o coração.
Resenha
Kira é uma bela jovem de 22 anos que em um bairro nobre do Rio de Janeiro, ela e a melhor amiga são donas de uma loja e fazem o que gostam, Kira tem dois irmãos gêmeos que são os mais gatos do pedaço e por conta disso várias meninas se aproximam dela com a intenção de fazer amizade para chegar a um dos gêmeos. Ela nunca teve um namorado, nem mesmo se apaixonou alguma vez, e se envergonha disso. Mas seu coraçãozinho logo estaria batendo mais forte por alguém, ela só não sabia que se apaixonaria por um sonho.

Um dia ela estava com a amiga Lelê em um shopping e se deparou com uma camisa na vitrine que a deixou com uma sensação estranha, parecia que havia uma ligação ali e ela não sabia de onde isso surgiu. Na mesma noite ela teve um sonho que a marcou bastante, sonhou com um lindo rapaz e que usava a camisa aquela camisa da vitrine.
“De alguma forma, entendi que algo meio estranho estava acontecendo comigo. Não tinha ideia, mas começava ali a viver a maior aventura da minha vida. Questões que eu não tinha a mínima ideia de como seriam, mas tinha certeza que existiam. Fosso o que fosse, descobriria.”
Kira passaria a sonhar constantemente com aquele rapaz misterioso, ela não sabia nada sobre ele ou sobre o porquê desses sonhos, mas aproveitava cada momento... eram mágicos.  Durante os sonhos eles visitam lugares diferentes pelo mundo e até mesmo podem voar! Com o passar dos dias (ou seria melhor dizer com o passar dos sonhos?) Kira sentia que estava se apaixonando por ele, mas ela sabia que isso era muito louco porque ele vivia apenas nos seus sonhos. #SQN (Só que não!).

Quando Kira menos esperava aconteceu algo ainda mais louco, o cara lindo dos seus sonhos existia na vida real! Em meio a um acidente no qual Kira e o irmão estavam ajudando, ela o viu. Na hora ficou sem reação, mas pelo menos sabia que ele existia, só não fazia ideia de como encontrá-lo novamente. Para resolver esse dilema, o destino daria uma mãozinha. Kira encontrou uma cachorrinha abandonada e a levou a uma clínica veterinária, chegando lá ela se surpreendeu ao encontrar com ele. Felipe era o seu nome!
Felipe é um jovem também de 22 anos, de família rica e que tem uma ex-namorada problemática, Jalma não larga do pé dele e começa a implicar com a Kira assim que se conhecem. Felipe é romântico e na vida real também começa a conquistar a Kira, mas por ele ainda estar envolvido com a ex ela prefere ir com calma. Felipe explica que não está namorando há tempos e que a ex ainda não entendeu isso, fica atrás dele pra cima e pra baixo. Mas Kira diz que enquanto a Jalma for um obstáculo ela não poderá se envolver com ele.

Jalma está passando por um problema familiar e por isso o Felipe ainda não se desvinculou completamente, a irmã dela sumiu e a família acredita que a garota fugiu, mas Kira acaba sonhando com a irmã desaparecida e descobre que ela foi sequestrada e está sendo mantida em cativeiro. Se o sonho está certo, ninguém sabe, mas há uma vida em jogo e é melhor não arriscar, então Felipe, Kira, Jalma, Lelê e os gêmeos partem em uma missão de resgate.
Minha impressão
Bom, vamos lá. Antes de qualquer coisa eu quero dizer que sempre vou falar a verdade aqui, contar a vocês com sinceridade como foi a minha experiência com uma determinada leitura, claro que sempre consciente de que um livro foi escrito por uma pessoa e que para ser publicado muitas outras pessoas estiveram envolvidas nesse projeto, jamais vou desvalorizar isso. Porém, não é sempre que uma obra nos agrada, não é verdade? Somos diferentes e temos diferentes opiniões. Dito isso, vamos às minhas impressões. 

Eu nunca li nada da Tammy e faz tempo que tinha curiosidade, já encontrei com a autora em alguns eventos e ela é muito simpática, também já vi inúmeros elogios para suas obras, mas infelizmente eu não consegui me envolver com esse livro e isso não quer dizer que ele seja ruim, só que eu não tive uma boa experiência com ele. “Sonhei que amava você” tem uma premissa muito bacana e diferente, tinha tudo para ser um romance fofo, mas algumas coisinhas me incomodaram. 

Começando com os personagens, todos riquinhos, lindos e perfeitinhos, não tem o menor problema nessas características, óbvio, inclusive tem muitos livros com personagens assim e que eu gosto, mas achei tudo muito superficial demais, muitas futilidades, aquela família de comercial de margarina e sorriso Colgate. Outra coisa foi o excesso de descrição, embora a escrita da autora seja leve eu achei que alguns pontos poderiam ter menos detalhes.

Mas o que me incomodou de verdade foi a falta de explicação para os sonhos, no decorrer da leitura eu ficava esperando pelo momento no qual essa ligação entre Kira e Felipe seria explicada e fiquei frustrada por não ter, a Lelê até chega a dizer que os sonhos são um reflexo do que a Kira quer, isso pode até funcionar para depois que ela conhece o Felipe, mas não justifica o fato dela ter sonhado antes mesmo de saber que ele existia. Outra possibilidade é de a Kira ter revelações (seria uma espécie de vidência?), o que justificaria o sonho com a irmã da Jelma, mas ela não sonhou com nenhuma outra coisa, então não sei bem. Talvez tenha sido a intenção da autora deixar isso em aberto para os leitores darem asas às suas imaginações. Por fim, achei o desfecho do sequestro previsível e também achei a maior irresponsabilidade os personagens saírem em uma missão de resgate sem nem mesmo terem contatado a polícia ou pelo menos terem avisado a alguém o que estavam fazendo.

Como eu falei, tinha tudo para ser um romance daqueles clichês que a gente gosta e que fica suspirando quando termina de ler, mas não foi o que aconteceu comigo e eu queria muito ter gostado mais desse livro. Espero poder ler outros livros da Tammy Luciano e que eu possa me envolver com eles e ter bons momentos de leitura. 

Quem curtiu a premissa eu recomendo que leia, cada um reage de uma maneira com um livro. Aqui tem momentos divertidos, momentos de ação e suspense, muito romance e nos sonhos da Kira, momentos mágicos. 

Minha nota para o livro

12 comentários:

  1. Tem tempo que li esse livro, acabei dando meu exemplar para uma aluna que se identificou bastante, a autora tem uma boa escrita para um público mais adolescente e juvenil. Pena não ter funcionado para você, o estilo não é muito o meu, mas talvez se fosse mais nova teria me apaixonado loucamente pela obra, mesmo assim, não nego a qualidade da escrita da autora. Talvez você goste de outros livros dela.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi Bea, tudo bem? Já li esse livro faz um bom tempo, acho que assim que lançou. Olha que coincidência, eu também dei duas estrelas.
    A leitura não é boa, tem até alguns plots que talvez funcionasse, mas na minha opinião, a autora tem um defeito de fazer personagens adultas com mente de adolescente. Não sei se isso tem relação com a própria vida dela. Mas sai completamente fora da realidade.

    Isso aconteceu em Garota Replay.. Que foi um longo monólogo chato pra caramba, e nesse livro até que teve uma ou outra coisa que eu gostei, mas ela acabou se repetindo em muitos erros.

    Algumas falas e manias não condiz com o que a autora tenta passar, como em Garota Replay, da mesma autora. Sei lá, em alguns momentos sinto que falas e pensamentos são absurdamente adolescente e não de uma jovem adulta como Kira deveria ser.

    Pra mim, sinceramente não funcionou.


    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Nunca li nada da autora, mas esse livro é um que sempre me chamou a atenção, sou louca para ler. É uma pena que a obra não seja tão incrível quanto parece, pois a premissa é bastante interessante. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  5. Muito diferente do que tenho lido, não consigo imaginar como seria viver uma história de amor nos sonhos e de repente esbarrar com a pessoa na vida real. Achei muito interessante e apesar de alguns pontos que você destacou, darei uma chance, fiquei super curioso!
    Ótima sugestão!
    Abraços! 😊

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Vi esse livro em alguns grupos de divulgação e confesso que fiquei intrigada com a obra. Assim como você falou é um enredo diferente, novo aur desperta RM nós certa curiosidade. Confesso que ler suas ressalvas me deixou com medo da leitura. Suas 2 estrelas me desanimou, quem sabe não leio futuramente, assim posso tirar minhas próprias conclusões. Amei a sua resenha e sinceridade, parabéns!!

    ResponderExcluir
  7. Gente! Que legal, já pensou você conhecer o amor da sua vida antes de encontra´-lo? Amei a premissa. Bjs

    E parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da sua resenha e sua sinceridade. Não é sempre que gostamos de um livro, uma pena quando isso acontece. Mas sempre é gostoso conhecer um autor novo.
    Não gosto de livros com muita descrição, para mim a leitura se torna entediante. Não sei se seria um livro que leria por alguns pontos que não gosto e com sua resenha percebi que tem na história. Mas quem sabe eu mude de ideia e conheça a obra.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Beatriz,

    Não conhecia a obra e enquanto lia o enredo estava gostando de todos os pontos, mas quando você citou as coisas que te incomodaram, fiquei com a sensação de que não curtiria a narrativa em um todo. Não gosto quando o enredo possui muitas narrações excessivas que são desnecessárias e esses pontos que ficaram em aberto, seja por propósito ou não, também me incomodam. Gosto de narrativas bem fechadas, porque tenho realmente explicação para tudo.
    Adorei a sinceridade de sua resenha. No momento vou passar a obra, mas quem sabe em outro momento. Como você bem pontuou, as obras não impactam o leitor de forma igual!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi Bia tudo bem? Já li alguns livros da Tammy e realmente senti um pouco de falta de química minha com a leitura, como você mesma falou cada um tem sua opinião eu concordo com você, o enredo tem tudo para dar certo uma trama envolvente mas falta aquele tcham, que te prende, mas pretendo ler esse livro assim poderei também dar minha opinião, parabéns pela sua sinceridade e sua resenha ficou ótima, bjs!

    ResponderExcluir
  11. Oi Beatriz.

    Eu ainda não conheço a escrita da Tammy Luciano e apesar de achar o enredo bacana e você mostrando os pontos positivos e negativos, acho que ainda não será o momento de conhecer essa história. Vou deixar para pegar outra dica literária na próxima visita.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Pela capa o livro não me chama tanta atenção...Mas como não devemos julgar o livro só pela capa fui ver a sinopse e a sua resenha e até achei interessante o livro, só ainda não tenho certeza se vou ler ou não, mas agora que conheço um pouco melhor posso pensar sobre o assunto, talvez leia depois que terminar os da minha listinha muito obrigada pelo post, ajudou muito ♥

    Beijos!

    ResponderExcluir