[Resenha] A Batalha do Acampamonstro

23 de outubro de 2018

Título: A Batalha do Acampamonstro (Livro 01 - Escoteiros e Monstros)
Autor: Jim Anotsu
Editora: Nemo
Páginas: 256
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora
Sinopse: Na Ilha do Enforcado as coisas são um pouco diferentes. Lá, monstros convivem com pessoas, e ser um escoteiro é muito mais perigoso do que você pode imaginar. Mas Nemo e Louise estão acostumados com o perigo, e nem uma ameaça sinistra é capaz de fazer os dois irmãos conviverem de forma pacífica. Até que as situações em que ambos quase morrem parecem acontecer com uma frequência bem além do normal. Mas por que alguém iria querer matá-los?
Quando os irmãos e seus amigos são interceptados por uma fantasma assustada que afirma que eles correm perigo, Nemo, Louise e seus amigos precisam encontrar uma forma de impedir que algo maligno tome conta da ilha onde é sempre verão.
Resenha
“A primeira coisa que todo mundo precisa saber: nós temos monstros aqui.
Você até pode pensar que é uma coisa legal, mas acredite, nem tudo é o que parece. Você não sabe o que é ser perseguido por um dragão, mordido por um troll, chutado por um lobisomem ou ter catarro de duende no seu cabelo, e eu ainda nem falei das coisas que matam.”
Nemo é um jovem escoteiro que tem o sonho de entrar para a Marinha Real, já a sua irmã mais velha (Louise) quer mesmo é ser uma pirata e desbravar os mares, e embora seja por caminhos diferentes o desejo dos dois é o mesmo: procurar pelos pais. Há muitos anos eles sofreram um acidente em alto mar e os irmãos não sabem muita coisa sobre o assunto, a avó deles - para protegê-los – optou por não contar muita coisa.

Eles moram na Ilha do Enforcado e têm como amigos algumas criaturas estranhas, mas muito simpáticas e confiáveis: Jujuba, uma garota zumbi e Enrolado, um menino-múmia que é o nerd da turma. Juntos eles se metem em várias confusões e estão sempre aprontando. Mas eles nunca imaginaram que algum dia precisariam enfrentar um vilão muito perigoso, capaz de matar criancinhas para transformá-las em monstros tenebrosos que se alimentam de medo e que ainda precisariam salvar a memória de uma fantasma.
“Meu corpo inteiro tremia, não só por causa do frio que a aparição trazia, mas outra coisa, algo que vinha de dentro, um abismo que crescia dentro do estômago. Era diferente do medo que eu sentia ao lidar com monstros selvagens no acampamento. Não, aquilo estava além do medo comum: era pânico.”
Apesar do medo inicial ao se deparem com uma fantasma, os amigos descobriram que ela na verdade estava tentando avisá-los sobre o perigo que se aproximava. A fantasma disse que o mesmo homem que a matou estava atrás de Nemo e Louise e iria apagá-los como a apagou.  Ela não deu informações mais detalhadas sobre esse homem, apenas disse que ele é um súdito do Rei Pálido e estava claro que ele queria vingança. Os irmãos precisavam sair da ilha.

Nemo e Louise não entenderam muito bem o que ela disse, afinal, a avó ainda mantinha segredo a respeito da morte de seus pais, mas a fantasma falou que esse súdito os odeia assim como odeia a mãe deles. No entanto, ao questionar a avó, a resposta que receberam é que tudo isso não deveria passar de uma brincadeira e que era para eles esquecerem. Mas os irmãos sabiam que algo estava errado e iriam investigar por conta própria...claro, junto com os amigos.
A partir de então começa uma busca intensa por informações e quanto mais os amigos investigam mais eles chegam perto da verdade e dos perigos que se escondem por trás dela. Alguém quer matá-los e esse homem perverso não está de brincadeira. Para descobrir quem é esse homem eles vão tentar descobrir quem matou a fantasma e para isso precisam saber a identidade dela, tarefa praticamente impossível porque o vilão tomou todos os cuidados para que isso não acontecesse.

Depois de muito pesquisar a turma finalmente chega a um suspeito, o único problema é que ninguém jamais vai acreditar neles. Mas isso não os impede de lutar par salvar a Ilha do Enforcado e o acampamento, eles têm certeza que o inimigo vai atacar no acampamento e vão fazer de tudo para impedir uma catástrofe.
Minha impressão
A Batalha do Acampamonstro é um livro completamente envolvente e divertido, o autor tem uma linguagem tão cativante que a gente nem percebe o quanto já leu. A história é bem desenvolvida e com personagens cativantes, vemos vários momentos de ação, suspense e muitas aventuras. É uma leitura leve e ainda temos várias ilustrações (de André Dias) que só abrilhantam ainda mais esta obra.

A cena que a capa retrata é o ponto alto da leitura e a ilustração está linda e achei perfeita! Uma coisa muito legal do livro é que o autor usa alguns artifícios entre as páginas que deixam a leitura mais descontraída: ele insere pequenas notas entre os parágrafos mesmo como se fossem anotações do Nemo (que é quem narra) e também coloca algumas páginas do jornal do acampamento no qual Jujuba é colunista.

Eu ainda não conhecia Jim Anotsu e já me tornei fã do trabalho dele, quero ler os outros livros do autor e com certeza quero os próximos volumes da série Escoteiros e Monstros. A Batalha do Acampamonstro tem um final, mas ficam alguns pontos para vermos nossos próximos livros, sem contar que uma informação sobre a morte dos pais de Nemo e Louise é revelada e fiquei bem curiosa para ver o que vai acontecer.

Para vocês terem uma ideia de como eu gostei da leitura, eu separei o livro para ler com o meu filho e comecei a ler para ele dormir, mas ele dormiu e eu gostei tanto que continuei lendo, aí quando me dei conta eu estava terminando a leitura e com uma baita vontade de que tivesse mais páginas para continuar lendo. Eu simplesmente amei! 

Minha nota para o livro

16 comentários:

  1. Olá Bea, pode parecer estranho, mas sabe que curto livros assim?! Digo estranho,pois em geral eu leio livros com temas pesados.. Mas esses livros como o que resenhou me agrada muito.

    Fiquei curiosa, para ver as ilustrações nas mãos. Nas fotos parecem incríveis.

    Obrigada pela dica.

    Além das Páginas

    ResponderExcluir
  2. Uau, fiquei impactada só de ler sua resenha!
    Quanto mistério os envolvem, já começa quando sua avó não conta muitos detalhes.
    Deve ser terrível precisar se proteger de monstros que matam, infelizmente nós precisamos nos defender dos humanos.
    Parece ser um ótimo livro e fiquei ansiosa para ler, espero gostar!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Eu já ouvi falar do livro e realmente a capa é a coisa mais linda! Conheço o autor e quero muito este livro ainda mais agora depois da sua resenha.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  4. Fiquei imaginando a cena, seu filho dormindo e você seguindo a leitura hahahaha. Apesar de não ser um gênero que tenho por hábito ler, sua empolgação me contagiou total! E realmente, essa capa está linda demais. Espero ter a oportunidade de ler em breve.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parece ser uma leitura deliciosa, um livro cheio de fantasia, bem do tipo que faz a nossa imaginação voar. Já fiquei apaixonada por ele pela sua resenha, certamente lerei quando puder.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Bia.
    Descobri esse livro na Bienal desse ano e estou doida para fazer essa leitura.
    Só li elogios e fiquei doida para conhecer essa história!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Oi Beatriz, sua linda tudo bem?
    Antes de mais nada: que capa é essa? Gente muito fofa!!! Também sempre quis ser uma pirata, risos... Gente que história mais incrível, nunca vi em nenhum livro um menino - múmia como personagem. E tem monstros apagando gente? Nossa, faz tempo que não encontro um enredo cativante assim. Estou louca para ler!!! Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    O livro já chama atenção pelo título e a ilustração está incrível, adorei saber e lógico fiquei curiosa sobre a cena que é retratada e que tem a ver com a capa.
    Não conhecia essa história, mas quero poder ler em breve e saber as aventuras de Nemo e Louise.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Oi Bia,
    Adoro esses livros mais jovens. Fiquei muito contente por ele ter te cativado e envolvido, mas o que mais me agradou é a aventura que esse livro parece trazer e a forma como ela envolve o leitor. Por começar uma série, esse livro parece ser ótimo e vou anotar a dica, sem dúvidas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Beatriz!
    Nossa, adorei a sua resenha! Pelo visto é uma aventura e tanto e gosto muito quando consegue atrair tanto o público jovem quanto o adulto! Vou recomendar para meus sobrinhos (e vou aproveitar pra ler tb rs).
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  11. Gente, que edição maravilhosaaa! Eu amei tudo em relação a esse livro, o enredo, os personagens e essa capa maravilhosa. Esse livro parece conter uma história muito viciante e repleta de aventuras, dica anotada com certeza.Bjss

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Gostei tanto da resenha que até fiquei empolgada lendo, adorei sua escrita envolvente. Quanto ao livro, achei meio infantil pra mim, mas como é cativante, iria ler sem problemas. Acredito que minha sobrinha irá gostar mais. Obrigada pela dica, beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?

    Esse livro é infanto-juvenil, certo? Acho esse tipo de leitura a coisa mais gostosa do mundo. Pela sua resenha, pude concluir que o livro parece ser ótimo e as ilustrações nos traz a sensação de inserção na história. Coisa que eu gosto bastante.

    Sua resenha ficou muito boa!


    Beijos
    Blog Diversamente

    ResponderExcluir
  14. O Beatriz,
    a Rafinha do meu blog vai adorar esse livro, ela adora histórias voltadas para o público juvenil. A capa realmente está chamativa e pela ilustração da foto que você colocou dá para ver o capricho da edição. Achei o enredo bem diferente, colocar monstros convivendo com humanos foi muito legal. E esse perigo que eles estão correndo deve deve deixar os leitores presos até a última página como aconteceu com você. Também irei colocar na minha lista. Parabéns pela resenha.
    bjs.
    Pri.
    https://nastuaspaginas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    Achei a premissa super interessante e já fiquei curiosa tanto quanto a morte dos pais quanto da fantasma. Indicação anotada!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Oi, Beatriz! Tudo bem?
    Nossa, deu para perceber que você gostou mesmo do livro hahaha. Eu ainda não o conhecia, mas não é bem o estilo de leitura que estou procurando no momento. Apesar de gostar do gênero, achei bastante juvenil e ando fugindo um pouco de livros com personagens mais jovens. No entanto, vendo o quanto você gostou da leitura é impossível não ficar pelo menos curiosa para ler também. Adorei a resenha e vou anotar a dica para conferir em outro momento.
    Beijos!

    ResponderExcluir