10 de setembro de 2015

[Resenha] Salúh

De CESAR LUIS

Título: Saluh
Autor: Cesar Luis
Editora: Luna
Páginas: 342
Ano: 2015



Olá querido leitor, antes de qualquer coisa quero dizer que essa resenha será separada em duas partes (Trama e Enredo). Após terminar a leitura levei um certo tempo para conseguir organizar meus pensamentos e poder resenhar o livro de forma justa, por isso optei em separar a resenha.
Fernando Eastmam recebeu como presente de seu pai um livro altamente perigoso que pode colocar em risco a vida de quem o ler. Anos antes o pai de Fernando reconheceu o livro em uma livraria pouco conhecida das pessoas mas que no meio certo é bem renomada, o tal livro não estava à venda mas conversando com o dono da loja o pai de Fernando percebeu que seu filho era o homem certo para o livro e conseguiu convencer o dono também, que nomeou o livro à Fernando e somente ele poderia retirar do local.

Agora Fernando viaja ao Cairo para ir receber esse livro, mas ao chegar ele é assaltado e levam todos os seus pertences deixando-o desmaiado. Ao acordar está em companhia de uma bela mulher chamada Laura que o ajuda. Passado um certo tempo Laura o leva para conhecer um antigo templo e lá eles encontram Saluh.


Saluh é um homem sábio e muito peculiar com sua pele cor de argila e seus grandes olhos amarelos, também é bem misterioso mas que ao decorrer da trama vai se revelando aos poucos, ele busca passar todo o seu conhecimento a tempo e com isso poder desmascarar as grandes mentirar que foram contadas por líderes. Não posso falar muito sobre suas origens pois seria um enorme spoiler mas posso dizer que ele vive há muito tempo na Terra, hein?na Terra? isso mesmo, na Terra (lendo O Enredo você vai entender). Ele conheceu muitas personalidades que hoje tiveram seus nomes e seus feitos alterados e nos conta a verdadeira história por trás da política. Fernando e Laura vão decifrando grandes mistérios à medida que Saluh os revela, eles preenchem lacunas que há anos não se tem respostas.
Cesar Luis na sinopse do livro nos fala que "Trata-se de uma história de ficção, não há dúvidas, mas apenas parte dela" e essa parte onde não se trata de ficção é o que chamei aqui de "Enredo" e que, na minha opinião é algo um tanto polêmico. No livro Saluh vamos encontrar fatos que contradizem com a verdade de muitas religiões, o autor escreve e mostra os versículos bíblicos para que o leitor possa acompanhá-lo, mas não fala apenas sobre o Cristianismo ou Catolicismo ele inclui também outras religiões espalhadas pelo mundo. Cesar Luis deixa bem claro que os fatos descritos no livro como a "Saga Anunnaki" nunca foram contestados pela ciência e que a autenticidade do texto "Talmud de Jmmanuel" nunca foi reconhecida mas ele nos deixa as fontes para que possamos tirar nossas próprias conclusões.

O enredo desse livro é cheio de conhecimento e é uma leitura muito interessante mas que me incomodou em certos momentos. Vamos ver temas que são grandes tabus para a sociedade como vida após a morte, a origem da humanidade, se existe vida em outros planetas, deuses e deusas e alguns outros temas. É um livro que nos traz momentos de reflexão para certas questões mas dependendo de quem estiver lendo pode ser que a leitura não flua tão bem.


A história de Fernando é muito instigante e fiquei muito curiosa para chegar ao final da leitura e descobrir mais sobre o livro roubado e ver o desfecho dessa trama. Apesar do enredo ter me incomodado eu fiquei interessada em saber sobre o que Saluh falava, tratei a leitura como sendo uma ficção e foquei em ler a história. Como eu disse, pode ser um livro polêmico dependendo do ponto de vista do leitor mas que é um livro interessante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário