16 de setembro de 2015

[Resenha] Eu, Alex Cross

DE JAMES PATTERSON

Título: Eu, Alex Cross
Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro
Páginas: 224
Ano: 2011

Skoob


Quando se trata de livros policiais eu sou completamente fascinada, há pouco tempo descobri James Patterson e gostei muito de sua escrita, eu ainda não havia lido nenhuma série dele com o detetive Alex Cross e comecei muito bem, já gostei do Alex. O livro tem um enredo simples e totalmente instigante, o autor consegue criar um universo meio conspiratório onde ficamos atentos a tudo para descobrir a identidade do assassino que age de maneira completamente inusitada, o que se sabe sobre ele? quase nada. Zeus é o seu codinome. Vem comigo entender melhor.



Alex Cross já é um detetive conhecido e está comemorando o aniversário com a namorada e a família, no meio da festa recebe um telefonema que acaba com toda a festividade, ocorreu um assassinato brutal e a vítima foi Caroline Cross (sobrinha dele), Alex fica abalado com a notícia e jura que capturar o assassino indo até as últimas consequências.

Ele parte com Bree (sua namorada, quase noiva) no meio da noite para o necrotério e ao chegar se surpreende com o que encontra, não vou mencionar o estado em que ficaram os "restos" (essa é a palavra escrita no livro e se encaixa muito bem com a situação) para não dar spoiler mas é algo chocante.



Conforme o detetive investiga a morte da sobrinha ele descobre que ela estava envolvida com uma casa de prostituição muito luxuosa e que não foi a única vítima. Os clientes que frequentam esse lugar são poderosos e preferem manter o anonimato, mas dentre eles existe um que é muito perigoso e também o mais poderoso de todos, ele usa o codinome Zeus e nunca mostra o rosto. Ele sempre agenda suas visitas na suíte VIP e nunca tem contato com ninguém do clube, a não ser as garotas que lhe servirão na noite, está sempre mascarado e seus métodos são extremamente sádicos levando suas vítimas a mortes horrendas, dolorosas e inacreditáveis. Mas uma jovem conseguiu fugir e agora a identidade de Zeus corre perigo.

Existem rumores sobre o envolvimento de Zeus com a Casa Branca e a medida que o detetive Alex Cross avança nas investigações as evidências ficam mais claras, nomes de pessoas ligadas ao governam começam a se relacionar ao caso até que o serviço secreto também entra em ação. O detetive está bem próximo de descobrir quem é Zeus e um caso curioso acontece.


Em meio a toda essa confusão um drama familiar acontece na vida do detetive, sua avó acaba internada e sua saúde está grave, chegando a entrar em coma. Alex Cross se divide entre investigar o assassinato de sua sobrinha e aos cuidados com sua avó. 

O desfecho dessa trama e a identidade de Zeus são surpreendentes, sabe quando você precisa ler de novo só para ver se entendeu direito? pois é, foi bem assim. Não acreditei no que tinha lido, o final dessa investigação é digno do "fiquei sem palavras" para a cena que eu li. O Epílogo é perfeito.


Minha nota para o livro


Nenhum comentário:

Postar um comentário