23 de setembro de 2015

[Resenha] Pedras Negras

DE CESAR LUIS

Título: Pedras Negras
Autor: Cesar Luis 
Editora: Luna
Páginas: 342
Ano: 2015 ( 2 ª edição )
O livro ganhou a segunda edição em 2015 e foi publicado juntamente com o segundo livro do autor, Saluh (resenha aqui). Pedras Negras é um livro com um enredo muito intenso e curioso, a história começa de maneira intrigante e o leitor deseja saber o que está por trás da lenda que deu origem ao livro.

 O livro começa com Fernando Eastmam, um arqueólogo, no aeroporto de Brasília se preparando para uma viagem ao Peru. Ele recebeu um chamado importante de um amigo para ajudar na escavação de um templo mas ainda no aeroporto ele recebe um pequeno caderno de anotações bem antigo, não sabia quem havia enviado mas reconheceu o que estava anotado ali, tratava-se de alguns trechos do Gênesis Apócrifo de Melquisedeque  que, basicamente, mostra mais alguns detalhes que não estão no conhecido livro bíblico (não quero entrar em detalhes religiosos e se o livro é verdadeiro ou não, não cabe a mim falar). Fernando ficou curioso sobre quem enviou o caderno e o porque dele precisar lê-lo.

O professor que chamou Eastmam descobriu no Templo La Luna um câmara e após sua abertura algo curioso acontece na vila de Águas Calientes, toda a população estranhamente teve o mesmo "sonho" e ao amanhecer todos estavam com a mesma história na cabeça. Uma lenda antiga de uma deusa chamada Orejona que veio à Terra ainda nos primórdios do tempo para dar a luz e criar seus filhos, seus descendentes tinham o crânio alongado e existe uma ligação entre Orejona e o planeta Vênus (não vou falar muito sobre essa lenda para que durante a leitura você possa se surpreender, se ainda não conhecê-la).



Os habitantes falam sobre um livro perdido e Fernando secretamente vai em busca dele, vai contar com a ajuda de Rico (homem de confiança do professor) e Lia (uma aeromoça chamada Odalisca). É preciso manter segredo pois o governo não quer que a história chegue ao público e tenta prender Fernando. Sem saber como é o livro ou se realmente existe, eles começam a seguir algumas pistas e se envolvem em uma perigosa aventura cheia de mistérios, conspirações e perseguições.

Quanto mais o grupo se aproxima da verdade mais intensas são as verdades reveladas e piores ficam as perseguições, porém não é apenas o governo Peruano que deseja que toda essa história continue escondida, os verdadeiros líderes que se mantinham ocultos resolvem afrontar Fernando pois perceberam que ele já estava muito perto da verdade.


Pedras Negras dá uma aula de história e geografia, o autor Cesar Luis fez uma viagem onde se encantou com a beleza dos lugares mas principalmente com Machu Picchu (cenário do livro), ele descreve cada local com riqueza em detalhes. Também podemos ver no livro detalhes científicos que de maneira nenhuma tornam a leitura pesarosa ou maçante, muito pelo contrário, esses detalhes nos instigam a buscar mais, inclusive parei a leitura em diversos pontos para poder fazer pesquisas sobre o assunto.

Pedras Negras foi um livro que demorei um pouco para ler pois como mencionei fiz pesquisas enquanto lia, a linguagem que o autor usa é bem atual e isso facilita a leitura. O enredo me incomoda um pouco pois levanta algumas questões religiosas que podem ser (e acredito que são) temas de muitos debates, questões discutidas em diversas línguas e religiões que Cesar Luis aborda mostrando registros históricos e fatos científicos. Outro ponto que me incomodou foi a Odalisca (Lia), ela tem 33 anos (se não me engano) mas é um tanto imatura para a idade. 

Mesmo com esses dois pontos que me incomodaram eu gostei muito do livro, todo o mistério envolvendo a busca de Fernando Eastmam é muito instigante e o final do livro superou todas as minhas expectativas, foi muito bom também conhecer os lugares citados pelo autor e descobrir alguns fatos que a ciência revela mas que foram abafados pelos meios sociais.

Minha nota para o livro

Nenhum comentário:

Postar um comentário