[Resenha] A Marca de Atena

2 de março de 2020

Título: A Marca de Atena (Livro #3)
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 480
Ano: 2014
Adicione ao Skoob
*Acervo pessoal
Sinopse: Annabeth está apavorada. Justo quando ela está prestes a reencontrar Percy, o Acampamento Júpiter parece estar se preparando para o combate. A bordo do Argo II com os amigos Jason, Piper e Leo, ela não pode culpar os semideuses romanos por pensarem que o navio é uma arma de guerra grega: afinal, com um dragão de bronze fumegante como figura de proa, a fantástica criação de Leo não parece mesmo nada amigável. Annabeth só pode torcer para que os romanos vejam seu pretor Jason na embarcação, e compreendam que os visitantes do Acampamento Meio-Sangue estão ali em missão de paz.
Os problemas de Annabeth não param por aí, ela carrega no bolso um presente da mãe, que veio acompanhado de uma ordem intimidadora: Siga a Marca de Atena. Vingue-me. A guerreira já carrega nas costas o peso da profecia que mandará sete semideuses em busca das Portas da Morte. O que mais Atena poderia querer dela?
Pode conter spoiler dos volumes anteriores
Conheça os outros livros da série Os Heróis do Olimpo, clique aqui
Resenha
"A filha da sabedoria caminha solitária / A Marca de Atena  por toda a Roma é incendiária  Gêmeos ceifaram do anjo a vida / Que detém a chave para a morte infinita | A ruína dos gigantes se apresenta dourada e pálida / Conquistada por meio da dor de uma prisão tecida."
Annabeth sabe que carrega um grande peso nas costas, a profecia está prestes a se cumprir e os problemas estão cada vez mais intensos e perigosos. Um momento aguardado se aproxima e isso a deixa apreensiva, depois de tantos meses longe de Percy, será que ele ainda lembra quem é ela? Quem são os seus amigos? E quem ele realmente é? Será que o tempo no Acampamento Júpiter modificou Percy?

Finalmente os semideuses gregos estão chegando ao acampamento dos semideuses romanos, mas é preciso muita cautela, esses dois grupos não deveriam nunca se encontrar, há séculos uma rivalidade entre deuses gregos e romanos dividiu seus filhos e o ódio entre eles nunca se dissipou. Para evitar mais desastres, o Acampamento Meio-Sangue não sabia da existência do Acampamento Júpiter e vice-versa. Isso até que Hera colocou em prática um plano ousado.
Nos volumes anteriores nós acompanhamos como Hera iniciou o seu plano, para isso, ela precisava unir os dois grupos de semideuses e retirou os líderes de cada um, apagou as suas memórias e os jogou no acampamento rival. Dessa maneira, eles poderiam aprender sobre os costumes um do outro e ganhar a confiança de todos. Seu plano estava dando certo, agora chegou o momento de colocar à prova.

Annabeth, Jason, Piper e Leo estão chegando ao acampamento romano e todos esperam que ao avistar Jason os romanos baixem suas guardas, também esperam que Percy – estando lá – possa interceder ao seu favor. Além de toda a tensão já existente, Annabeth tem uma missão especial a qual para realizar precisará agir sozinha, do contrário, colocará tudo a perder. Sua mãe, Atena, deusa da guerra e da sabedoria, pediu que ela recupera algo que foi roubado e a teoria é que os romanos foram os responsáveis.
Os deuses estão enlouquecidos, uma crise existencial, a mudança de suas identidades do grego para o romano os afetou e com uma guerra cível explodindo eles não podem ajudar, pelo contrário, precisam ser ajudados antes de tudo piorar.  Annabeth tinha esperanças de que a sua mãe pudesse ajudar, afinal, ela é a deusa da sabedoria, mas Atena está ainda mais delirante que os demais e só se preocupa com o tal objeto roubado – e que Annabeth está encarregada de recuperar.
“Que maravilha, pensou Annabeth. A sua mãe, a olimpiana mais equilibrada, estava transformada em uma maluca delirante e vingativa em uma estação do metrô. E, de todos os deuses que poderiam ajudá-los, os únicos não afetados pela divisão Greco-romana pareciam ser Afrodite, Nêmesis e Dionisio. Amor, vingança e vinho. Muito útil.”
A chegada ao Acampamento Júpiter acabou sendo turbulenta, Leo foi usado por forças malignas para atacar os romanos e ninguém pôde agir para impedi-lo e isso deu início a uma guerra, nem Jason nem Percy puderam intervir. Os líderes de ambos os grupos se unem e partem rumo à missão, é preciso impedir Gaia de se levantar, eles têm que fechar as Portas da Morte e lutar contra os gigantes e isso tudo antes que os romanos cheguem ao Acampamento Meio-Sangue, eles buscam vingança pelo ataque sofrido.
Minha impressão
Como eu amo essa série, fico cada vez mais fascinada com a trama que o Rick Riordan criou. É um livro melhor que o outro e mais instigante que o anterior. A Marca de Atena começa no momento mais aguardado desde o começo da série, eu estava bem ansiosa para ver como isso ia acontecer e, nossa, que cena! O começo já é bombástico e o ritmo não caí ao longo do livro, pelo contrário, só aumenta. E o autor adora fazer o leitor ter pequenos surtos com seus finais, né? Aqui nãoé diferente, preciso começar a ler o quarto volume o mais rápido possível. 

Finalmente os gregos e os romanos vão se encontrar, mas não posso falar muito sobre isso para não dar spoiler. Percy Jackson e Jason estavam tomando o lugar um do outro e agora já podem voltar aos seus postos, o que deixa todos apreensivos, pois não sabem como o acampamento rival os afetou. E os deuses que passaram os últimos volumes em silêncio estão em uma crise de identidade greco-romana que está deixando-os completamente delirantes, bem malucos mesmo. Ou seja, nada confiáveis, então os semideuses terão de agir sozinhos e enfrentar inimigos poderosos. É preciso correr contra o tempo, Gaia está se levantando e eles têm de fechar as Portas da Morte.

E Annabeth ainda tem a sua própria missão no meio de todo esse caos. Ela está encarregada de recuperar um objeto de sua mãe que foi roubado há séculos e os rumores são de que foram os romanos, isso desencadeou a rivalidade entre eles. Talvez, mas só talvez, se ela conseguir recuperar o objeto os dois grupos possam viver em paz. Ela não tem certeza disso, sua única certeza é que precisa tentar.

O terceiro volume estão tão bom quanto os anteriores, nesse nós temos mais explicações e vemos algumas pontas se fechando, ao mesmo tempo novas dúvidas surgem e ganchos ficam para os próximos volumes. Com certeza é uma leitura que recomendo demais.

Minha nota para o livro

8 comentários:

  1. Acredita que essa série nunca me chamou atenção? Não sei dizer exatamente porquê :( pela sua resenha, percebi o quanto o livro te proporcionou uma leitura maravilhosa e o quanto fãs do autor e do gênero vão se encantar. E fico feliz que o terceiro volume foi tão bom quanto os outros e que respostas foram dadas. É horrível quando uma leitura não fecha toda as pontas soltas. Espero que os próximos volumes sejam maravilhosos para ti também. Boa leitura!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  2. Oi Bia, tudo bem? Confesso que da série de Percy, eu li só o ladrão de raios. Não sei por que nao continuei com a leitura, mas eu amei bastante. Li sua resenha de maneira bem dinâmica pra não pegar spoilers grandes pq nao terminei nem a outra série, que dirá esse que, pelo que li, contém os deuses romanos kkkk fiquei curiosa

    bjos http://www.livreando.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Menina, eu nunca li nada do Rick Riordan, pois confesso que mitologia não me chama muito a atenção, mas ultimamente ando bem afim de ler alguma série do autor, de tanto que vejo elogiarem os livros dele, hahaha. Adorei a resenha e fiquei mais curiosa ainda para ler os livros!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? AH estou no segundo volume, tentando desempacar, porém tenho pressentimento que irei adorar a série. Ver suas impressões me deixaram mais animada, e acho que irei adorar também. Já quero chegar no terceiro volume <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Esse autor é maravilhoso, né? Sinto falta das histórias dele. Preciso retomar e finalizar algumas pendentes e começar essa série hahahahahahah.

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. Quando vejo resenhas de obras do autor sinto é vergonha de nunca ter lido nada dele rs, adorei suas considerações sobre a obra!

    ResponderExcluir
  7. eu amo percy jackson, li a saga dele todinha mas não li essas continuações, até tentei mas na época dei uma desanimada, mas amo a escrita de rick, de autores de fantasia ele é um dos melhores.

    ResponderExcluir