[Resenha] O Espírito da Noite

23 de agosto de 2018

Título: O Espírito da Noite
Autor: Alex Bitten
Editora: Casa do Escritor
Páginas: 200
Ano: 2018
Adicione ao Skoob | Compre na Amazon
*Publieditorial
Sinopse: Após as batalhas pela independência do Brasil, um jovem oficial é convocado por D. Pedro I para encontrar um imenso tesouro, uma caverna de diamantes, escondida no coração da jovem nação que está se formando.
Com a ajuda de um guia com um passado misterioso, a expedição parte em busca da caverna, procurada por expedições que jamais retornaram. Um desafio que fará o jovem tenente Antônio abandonar seu grande amor e arriscar sua vida para garantir a independência da jovem nação brasileira.
Para descobrir a caverna de diamantes, a expedição enfrentará grandes aventuras, e precisará desvendar o mistério do Espírito da Noite.
Resenha
O Brasil está a ponto de se tornar um país independente, mas Portugal não está feliz com isso e dificulta o máximo que pode. Através de uma carta, a Corte Portuguesa exige a quantia de dois milhões de libras para reconhecer a independência, o que deixa Dom Pedro I em uma situação complicada. O país não tem condições de fazer o pagamento de um valor tão alto e o governo inglês se dispôs a fazer um empréstimo, porém, caso aceite, demorará anos para que seja quitado.

Mas Dom Pedro I ainda tem uma opção, pode ser um tiro no escuro, mas vale a pena tentar. Chegou aos ouvidos de José Bonifácio um história sobre uma caverna repleta de diamantes enormes, ela fica localizada no interior de Goiás. Se for confirmada a sua existência, o conteúdo da caverna pode trazer a liberdade ao país sem que seja preciso fazer um empréstimo.
Achar essa caverna é uma tarefa quase impossível, ela está muito bem escondida pela floresta e está cercada por aldeias indígenas (os índios são capturados como escravos, então não reagem de maneira amistosa ao se depararem com as expedições). Três bandeiras tentaram encontrar a caverna e ninguém retornou de lá. Há alguns anos, José Bonifácio foi procurado por um bandeirante que afirmou ter fortes indícios dessa caverna ser real e lhe propôs um acordo.

José Bonifácio aceitou a proposta e financiou a expedição, mas o bandeirante jamais retornou e dois anos se passaram até que José Bonifácio tivesse notícias novamente e justamente quando o país mais precisava. Apenas um homem sobreviveu e lhe trouxe uma pedra de diamante como prova e um mapa com a localização exata da caverna. Após ouvir todo o relato, Dom Pedro I decide enviar uma expedição.
Com a promessa de encontrar a solução para salvar o país, homens de confiança se aventuram por uma jornada perigosa e cheia de mistérios. Durante o percurso muitas coisas acontecem e são interceptados por uma aldeia indígena. Há uma força que se esconde na floresta e é capaz de amedrontar uma aldeia inteira, é o Espírito da Noite.

Os índios mais velhos contam que, por vezes, a floresta testa a coragem dos guerreiros lhes enviando um espírito maligno e estão todos apavorados, pois mortes estão acontecendo. Os soldados ficam para ajudar, eles não sabiam contra o que lutariam, mas se essa força saísse da floresta poderia chegar às cidades e fazer um estrago ainda maior. Eles precisam pará-la.
"De repente, uma coisa grande e negra passou por eles e atingiu um dos militares, que não teve tempo nem de gritar. O sangue espirrou e atingiu o rosto de outro soldado. Ele foi atirado para longe, com a garganta completamente arrancada, e debateu-se por alguns instantes, mas logo ficou imóvel."
Minha impressão
O Espírito da Noite é uma obra que prende a atenção do leitor desde as primeiras páginas. A premissa já é muito interessante e durante a leitura somos envolvidos pela trama, a cada página ficamos mais curiosos e o autor soube como manter isso até o fim. 

Quando os soldados entram na floresta para procurar a caverna a leitura fica ainda mais atraente, é quando a ação começa realmente. Além deles enfrentarem os perigos naturais, precisam combater uma força desconhecida e apavorante; quando o líder de uma aldeia indígena diz que eles foram a resposta dos deuses para lhes ajudar, os soldados apenas assentem, sem entender ao certo o que tudo aquilo significava. 

Os personagens são bem construídos e com os protagonistas temos histórias paralelas para explorar. Damião, o guia, tem um passado secreto e não gosta de falar sobre, embora existam alguns rumores, nenhum deles chega perto da verdade. O Tenente Antônio é valente e faz o que pode para proteger os seus homens, deixou em casa uma esposa que o espera para lhe contar um segredo. 

Quando a obra se encaminha para o fim, podemos prever alguns acontecimentos e isso não tira o brilho a obra, pelo contrário, nos deixa ansiosos para descobrir como eles vão acontecer. O final do livro é um desfecho perfeito para tudo aquilo que lemos. 

Minha nota para o livro

24 comentários:

  1. Gente, pela capa eu jamais imaginaria que iria ter Jose Bonifacio e Dom Pedro I e uma busca incessante!
    quE DAHORA HAHAHAHA
    adorei!
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    p.s. aproveitei pra conhecer seu brog + seguir <3

    ResponderExcluir
  2. Adorei!!! Ando precisando ler mais livros que se passem ou em que o Brasil seja mencionado. Adorei a dica é super anotei.

    Amei a capa, a resenha ficou linda e a história parece super envolvente ❤️🌹

    Beijos do Unicórnio 🦄💕

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro, mas fiquei bem curiosa. Costumo amar essa sensação de imersão à leitura logo nas primeiras páginas, onde o leitor se prende e fica completamente entregue.

    Beijos e obrigada pela dica.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Mudou a carinha do blog, que lindeza! Eu achei sensacional usar o descobrimento do Brasil e questões históricas para a base da história, doidera demais e parece dar super certo né? Já anotei sua dica e pretendo ler o quanto antes. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dayahara.
      Own, fico feliz que tenha gostado do novo visual do blog, eu amei <3
      Eu adorei o livro, sério, achei a premissa totalmente diferente e muito cativante. Olha, assim que possível, leia sim eu acho que vai gostar.
      Beijos

      Excluir
  5. Oie tudo bem? Julgando o livro pela capa (que eu achei maravilhosa) jamais imaginaria do que realmente se trata o livro. Não fiquei interessada na leitura, mas engraçado como só de olhar pra capa criamos uma historia na nossa cabeça, né?

    ResponderExcluir
  6. Oi Beatriz, sua linda, tudo bem?
    OMG!!! O que é esse espírito da floresta? Se os índios que moravam lá precisavam de ajuda, é porque é sério, risos...Gostei dessa aventura, dessas expedições que não voltam e desses segredos. Sua resenha ficou ótima!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Ahh, como eu não conhecia esse livro ainda? Adorei saber que a trama tem pessoas que fizeram parte da história. Deve ser uma leitura muito interessante, pela capa eu nem imaginava que era sobre isso que a obra tratava.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Achei a premissa diferente do que estou acostumada a ler, o que é um ponto positivo, mas fiquei um pouco receosa em relação a previsibilidade, se for algo bem desenvolvido ótimo, agora senão... Enfim, manterei a dica em mente, espero ter a oportunidade de conhecer a história e poder dar meu veredicto.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Sinceramente a premissa do livro não chamou minha atenção acho que não seria uma leitura que prenderia, mas posso estar errada. Claro que vc me deixou curiosa, pois são muitos elogios.
    Adorei sua resenha, e achei bacana que os personagens são bem construídos e que alguns tenham histórias paralelas para explorar, acho isso mega legal.

    ResponderExcluir
  10. Acho legal a ideia de ser um livro que se passa no Brasil e especialmente pelo momento histórico escolhido para ser cenário da história. A capa dá a ideia de ser um tipo de história bem diferente.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  11. ja dei dez por essa capa, adorei conhecer o livro foge um pouco do meu genero mais a historia em si me pareceu muito boa beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Beatriz!
    Nossa, um livro que se passa no Brasil Imperial (ou quase rs)! Imagino se D. Pedro I teve alguma fala, acho bem legal essa mistura!
    A trama em si já chama a atenção, ainda mais por ser um livro nacional. Gostei muito da dica, vou procurar mais a respeito da história.
    bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  13. Oi Beatriz!
    O título e a capa são muito interessantes e pelo visto o enredo não deixa a desejar em nada. Gostei dos acontecimentos ao longo do enredo e o saber que o desfecho para os personagens foram abordados de forma cuidadosa e bem desenvolvido a ponto de agradar é bem animador, principalmente em se tratando de um enredo que coloca o Brasil em uma época difícil de retratar ao meu ver, justamente por só termos relatos e dados históricos.
    Gostei bastante dessa dica.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Acho a capa bem bonita, gostei da mistura de realidade e ficção, torna a história bem mais interessante. E lógico livros de aventura costumam prender a minha atenção.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  15. Oi Beatriz.

    Eu não conhecia este livro e pela sua resenha, a história parece ser bem interessante.Pela capa ele já merece atenção, pois ela é maravilhosa e com personagens bem construidos eu estou adicionando na minha lista de desejados. Obrigada pela dica.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas confesso que não faz meu estilo. A premissa não me atraiu muito e fiquei com a impressão de que ainda há um toque de sobrenatural na trama que me deixa ainda mais desanimada a ler.
    No entanto, adorei sua resenha e fico feliz que tenha gostado da leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oii Bia, tudo bem?

    Menina, não conhecia esse livro, mas achei a premissa tão diferente e ao mesmo tempo tão interessante. Misturar a história do Brasil com uma ficção é uma ideia incrível.

    Anotei a dica é pretendo ler essa obra.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!!

    Que capa maravilhosa, mas não acho que ela expresse o conteúdo, porém vende bem rs. Quanto a história eu achei bem interessante, nunca li nada que seja no tempo do império se passando no Brasil e todos os elementos apresentados me instigaram muito. Anotei a dica e pretendo ler em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi Beatriz.
    Eu gostei muito da premissa do livro porque envolve História do Brasil com mistério. Muito criativo!
    Acho que pela capa já para ter uma ideia do que é esse Espírito da Noite.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  20. Olá Bia,
    Ainda não conhecia esse livro, mas fiquei muito curiosa para conhecer essa história, pois ela tem uma temática interessante. Acho muito legal quando os autores trabalham histórias paralelas com os personagens. Acho que a previsão de alguns acontecimentos, conforme vamos chegando ao final, não me desanimam e espero ter a oportunidade de ler esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom?

    Eu ainda não conhecia essa obra ou o trabalho desse autor. A capa, confesso, me chamou a atenção e eu fiquei curiosa sobre como essa trama foi desenvolvida. É legal ver acontecimentos da nossa história serem exploradas, não é algo que vemos constantemente. Além disso, gosto quando os personagens são bem desenvolvidos e histórias paralelas, já que isso acaba enriquecendo a narrativa. Espero conseguir ler logo <3
    Abraços.

    ResponderExcluir
  22. Olá Beatriz,
    não conhecia o livro mas já adorei a dica. A premissa é bem original e essa mistura de história e ficção soa deveras atraente. Fiquei mega interessada em saber mais sobre essa ameaça e sombria e se esta última expedição atingiu o objetivo. Além disso adoraria saber qual a ligação da capa com a história em si.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  23. Não conhecia a obra, mas gostei de conhecer. Adoro leituras que se baseiam em fatos históricos, ainda mais quando a história é de nosso país. No geral o enredo me pareceu bem atraente, e o melhor, pelo que você falou é bem construído. Vou anotar a dica!

    ResponderExcluir