9 de março de 2017

[Resenha] Ninfeias Negras

Título: Ninfeias Negras
Autor: Michel Bussi
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Ano: 2017
Leia a sinopse no Skoob
*Cortesia da editora


Resenha
Ninfeias negras é um trama inteligentíssima! Michel Bussi construiu um enredo indecifrável e nos apresenta um caso intrigante: um assassinato incomum onde três mulheres completamente diferentes estão ligadas por ele. Continue lendo a resenha e saiba mais sobre essa obra!
A pequena cidade de Giverny é o cenário de um assassinato misterioso, nos jardins de Claude Monet um crime brutal aconteceu e intriga a polícia. Jérôme Morval, um oftalmologista renomado mas com fama de mulherengo e grande apreciador das obras de Monet, foi encontrado morto e a maneira como ele foi assassinado é perturbadora. Junto ao corpo foi descoberto um cartão de aniversário de onze anos com a imagem de um Ninfeias de Monet e uma frase que despertou a curiosidade do investigador: "O crime de sonhar eu consinto que seja instaurado".

A polícia logo começa com as investigações e chega em três hipóteses: as amantes e os maridos ciumentos; crianças que estejam para completar onze anos que possam estar correndo perigo ou ter algum parentesco com a vítima; possíveis obras de Monet roubadas ou ainda não descobertas. No centro de tudo isso estão três mulheres, que nada se assemelham mas que estão ligadas pelo crime.
"A primeira tinha mais de 80 anos e era viúva. Ou quase. A segunda tinha 36 e nunca havia traído o marido. Ainda. A terceira estava prestes a completar 11 anos e todos os meninos de sua escola queriam ser seu namorado. A primeira só usava preto, a segunda se maquiava para o amante, a terceira enfeitava os cabelos para que voassem ao vento."
Fanette Morelle é a terceira, ela vive com a mãe e o seu sonho é ganhar um concurso de pintura promovido por uma famosa e importante instituição. Stéphanie Dupain é a segunda, uma bela professora do primário que logo atraí os olhares do detetive. A primeira, bem, a primeira não revela o seu nome mas é ela quem nos conta essa história, vigiando por trás das cortinas, fazendo-se de invisível para olhar o que acontece ao seu redor e em determinado momento se vê em um dilema: deve interferir e contar o que sabe ou continua apenas observando?
"A primeira era má; a segunda, mentirosa;a terceira, egoísta."
Enquanto a polícia avança nas investigações, acompanhamos a rotina dessas três mulheres.As dificuldades que Fanette enfrenta para pintar o seu quadro e entregar à professora, ela é muito talentosa e tem chance de ganhar o concurso, no entanto, nem todos estão felizes com essa possibilidade. Stéphanie, professora primária, vive um casamento em que não é totalmente feliz e quando o detetive começa a flertar com ela, confunde a sua vida com o romance que tem em sua cabeceira. A viúva, ou quase viúva, segue os seus dias com os seus próprios dilemas enquanto observa tudo, ela sabe muito sobre as outras duas.

Paralelamente, um delegado aposentado é procurado para iniciar uma contra indicação e aceita o caso quando percebe do que se trata, ele embarca, então, em uma série de descobertas que o levam do presente ao passado.
Minha impressão
Eu preciso dizer o quanto foi difícil escrever essa resenha, Ninfeias Negras é um livro tão bom que eu não fazia ideia de por onde começaria! A trama é diferente de tudo o que eu já li, esse gênero é o meu preferido e até criei algumas teorias ao longo da leitura, mas fiquei completamente chocada com o final desse livro. Simplesmente indescritível! Genial, admirável, extraordinário...  são adjetivos que nem chegam perto. É uma revelação bombástica e que desconstrói tudo o que se possa ter imaginado sobre a trama. 

Michel Bussi nos apresenta um enrendo em que tudo está conectado, qualquer informação dada é interligada com outra, mas só vamos descobrir essa ligação quando ele nos mostra e esse é o momento em que o quadro pintado diante de nossos olhos se desfaz completamente, revelando um outro que estava escondido ali o tempo todo!

A trama é narrada, em sua maioria, em primeira pessoa pela mulher mais velha, mas também vemos alguns momentos narrados em terceira pessoa. Os capítulos são curtos e nos envolvem com seus mistérios. A capa, nossa, essa capa é incrivelmente perfeita.

Eu ainda estou meio eufórica com o final do livro, acho que deu para perceber isso, mas é impossível  não ficar! Depois de todas as revelações possíveis o autor ainda conseguiu trazer um desfecho que arranca suspiros e não por um motivo banal... não mesmo!

Minha nota para o livro

10 comentários:

  1. Oi
    Estou com esse livro aqui em casa, comecei, mas não concluí, por causa do projeto de resenhar livros escritos por mulheres este mês. No entanto, apesar de não ter terminado, gostei do que vi e estou empolgada.

    ResponderExcluir
  2. Oi. Desde que lançou estou mega empolgada com esse livro. Sua resenha me deixou mais interessada ainda pelo fato de ser tão incrível, indescritível e inimaginável. Adoro livros assim, que encantam com tanto mistério. Vou ler com certeza

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu vi esse livro há pouco tempo e conforme fui lendo algumas resenhas fiquei com muita vontade de ler. Saber que você ficou eufórica com sua leitura me deixou bem animada pra entender a história dessas três mulheres e suas relações com o crime.
    Certamente vai pra minha lista de leituras desse ano!
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  4. Oi Bea!

    Já me empolguei com o livro logo na primeira frase da sua resenha hahah (muito bem escrita aliás :D)
    Romance policial é um dos meus gêneros favoritos, e senti como se Ninfeias Negras fosse uma mistura de "Confia em Mim", do Harlan Coben, e "Boneco de Neve", do Joe Nesbo, dois dos meus livros favoritos da vida, então tenho certeza de que vou curtir, já coloquei na lista haha :D Obrigado pela indicação,

    Atenciosamente,

    Tiago Valente

    http://avidalida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Beatriz!
    Não sei se foi apenas impressão minha ou viagem, mas essa obra me lembrou O Silêncio dos Inocentes. Não só por causa da trama de suspense, investigação policial, trama psicológica e crimes, mas por causa da capa e seu desenho que me remeteram as vespas nos crimes de Bufalo Bill.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oi Bia!
    Acredita que desde o dia que terminei ainda não consegui escrever a resenha!
    Este livro foi uma ótima surpresa!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oie tudo bem? Nossa nunca imaginei que esse livro seria tudo isso que vc falou, quando recebi a news da editora até pensei em pedir mas deixei passar.. espero poder remediar isso!

    Bjs jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Beatriz. :)

    Eu já conhecia o Michel Bussi do incrível "O vôo da libélula". Já leu? É muito bom.
    Quando ouvi todo mundo falando bem de "Ninfeias Negras" eu fiquei animada, e quando começaram a sair as resenhas o livro, automaticamente já entrou para minha lista de leitura.
    Parece mesmo um prato cheio para quem gosta do gênero.

    Beijos! :)

    ResponderExcluir
  10. Eu estou completamente loucaaa para ler esse livro depois dessa review e antes eu não tava dando crédito nenhum a ele. Suspenses me fazem lembrar porque ler é tão magnífico xD

    ResponderExcluir