12 de janeiro de 2017

Canção do Exílio (Gonçalves Dias)


Canção do Exílio
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar — sozinho, à noite —
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu’inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
(Gonçalves Dias)

14 comentários:

  1. Muito criativa a ideia dessa coluna, adoro poesia e achei essa muito linda!

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Uau, Gonçalves Dias. Parabéns pela escolha.
    Lindíssima poesia.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rosana. Eu gosto muito de Canção do Exílio, tinha que colocar aqui na coluna, estava sentindo falta =D

      Excluir
  3. Essa poesia eu amo ❤
    Super bem escrita e bem feita. Amo Gonçalves Dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto muito também, me lembra os tempos de escola!!!

      Excluir
  4. Ai Bea eu já conhecia essa poesia e fez eu recordar da época da escola! <3

    ResponderExcluir
  5. Que simbólico, em tempos de golpe, dada o contexto do poema e a inspiração a outros poetas, colocar Canção do Exílio.

    ResponderExcluir
  6. Gente, essa canção faz parte da minha infância. Muito recitei ela e até hoje, quando lembro, eu falo, ❤

    Amei o post, sério, me fez lembrar coisas boas *-*

    ResponderExcluir
  7. Olá Bia!
    Faz tanto tampo que não vejo aqui *___* E quando volto tem esse poema que minha mãe vivia recitando pra mim quando era pequena. Vários sentimentos voltam!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Este texto é um dos mais lindo que eu tive contato na época de escola. Bateu uma saudade imensa ao ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Bia!!
    Adoro essa coluna!
    Que poesia mais linda, eu não conhecia!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Nossa me lembrou total a época de escola. Lá pelo ensino fundamental, tinha concursos e saraus na escola, e lembro que um amigo meu recitou esse poema. Adorei essa nostalgia <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Lembrei das minhas aulas de literatura do ensino médio, quando desmembravamos cada trecho para interpretar.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir