31 de maio de 2015

[Resenha] O Príncipe de Westeros e outras histórias

ORGANIZADO POR  GEORGE R. R. MARTIN E GARDNER DOZOIS





Título: O Príncipe de Westeros e outras histórias
Organizadores: George R. R. Martin e Gardner Dozois com participação de outros autores.
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 480
Ano: 2015
Antes de tudo tenho que ressaltar a beleza da capa, pena que não dá pra vocês verem na foto mas ela é em alto relevo, outro diferencial do livro são as folhas pretas com letras brancas que separam os contos dando um toque de mistério sobre o que está por vir e deixando o livro bem organizado. O Príncipe de Westeros e outras histórias é uma antologia que reúne 10 maravilhosos contos de autores consagrados, mas não trata-se de cotos apenas de ficção fantástica, está certo que é a maioria, mas temos outros gêneros e muito bem escritos, uma fato em comum nos 10 contos? canalhas e malandros, aliás o título original do livro é Rogues que significa trapaceiro ou canalha, vou falar brevemente sobre cada conto, todos excelentes mas nem todos para menores de idade, não tem nada tão pesado assim no livro.



Como o Marquês recuperou seu casaco de Neil Gaiman - Esse é o primeiro conto do livro e não poderia começar melhor, aqui voltamos a Londres de baixo cenário do famoso romance Lugar Nenhum, o Marquês de Carabas tenta recuperar o seu valiosíssimo casaco de muitos bolsos e com alguns praticamente impossíveis de se encontrar, ele vai viver algumas desventuras nessa busca e nós leitores nos deliciamos com cada uma.

Proveniência de David W Ball - Esse foi um dos contos que eu mais gostei, Max Wolff recebeu uma carta para que pudesse avaliar um quadro, na surdina, e duas semanas depois com o quadro devidamente avaliado, raríssimo e muito valioso, ele está com seu possível comprador e relata a origem do quadro pelos séculos,a história de obra é fascinante e o desfecho do conto surpreendente.

Qual é a sua profissão? de Gillian Flyn - Conhecemos a protagonista desse conto por "nerd", embora não se tenham muitos detalhes sobre ela logo simpatizamos, a jovem tem uma profissão incomum que eu prefiro não revelar para que vocês fiquem tão surpresos quanto eu fiquei com as 5 primeiras palavras desse conto. Mas devido a uma lesão no punho ela foi "promovida a vidente", não passa de charlatanismo, mas nessa sua nova profissão ela vai encontrar um grande perigo. O conto todo tem um suspense que paira no ar e te dá a sensação de ser um terror, já nas últimas páginas essa sensação aumenta e o coração dispara, o final é extremamente brilhante!

Um jeito melhor de morrer de Paul Cornell - Um conto de gênero fantástico que condiz perfeitamente com o gênero. O conto faz parte de uma série de histórias que o autor tem escrito sobre o personagem Jonathan Hamilton, aqui ele deverá superar um inimigo tão esperto e perigoso quanto ele, ele mesmo. 

Um ano e um dia na velha Theradane de Scott Lynch - Uma cidade despedaçada por uma guerra entre magos e sob ataque de magias mortais que caem do céu. Um grupo de ladrões desesperados deve roubar algo impossível de ser roubado, eles tem pouco tempo para fazer antes que tenham que abrir mão de suas vidas. 

A Caravana para lugar nenhum de Phyllis Eisenstein - Aqui descobrimos que nem todos os perigos são imaginários, a caravana parte em direção ao interior de um deserto onde espíritos malignos uivam à noite e miragens são comuns. Um conto de arrepiar, que nos instiga o desejo de ler até o final.

O galho envergado de Joe R. Lansdale - Hap e Leonard personagens populares do autor, ganham vida nesse conto, eles saem em busca de uma jovem que é filha da companheira de Hap, a jovem vive se metendo em encrencas e é uma viciada em drogas e às vezes  acaba vendendo o corpo, mas aparentemente recuperada ela sumiu e sua mãe se preocupa, para ver a felicidade da companheira Hap vai resgatar a jovem. Um conto com um estilo policial que em determinados pontos se revela muito sangrento, uma narrativa ágil e fascinante.

A árvore reluzente de Patrick Rothfuss - Acompanhamos um dia na vida de Bats, personagem já conhecido de A Crônica do matador do rei, nesse dia ela vai aprender muitas lições e ensinar outras. Um conto muito interessante e até mesmo divertido, Bast presta favores à crianças em troca de outros, sem que jamais qualquer adulto fique sabendo, esse é uma de suas regras, a leitura é bastante agradável e os favores que pedem a ele são inimagináveis.

Em cartaz de Connie Willis - Esse foi o conto que eu mais gostei, uma rápida história, bastante divertida e por vezes misteriosa, Lindsay vai ao cinema com 2 amigas e você vai morrer de rir com as dificuldades que eles encontram para conseguir um simples ingresso. Depois de encontrar Jack, um ex namorado..bem talvez ex, e se separar das amigas Lindsay acaba por constatar a conspiração de uma rede de cinemas para impedir seus clientes de assistirem aos filmes, hein?! gente só lendo pra entender, esse hilário conto também é um romance, digo que a história é apaixonante e o final, ah o final! esse vai entrar em cartaz!

O Príncipe de Westeros ou o irmão do rei de George R. R. Matin - Finalmente o último conto dessa antologia, não foi deixado para o final à toa, o melhor dos contos, embora não seja o meu favorito, aqui somos levados a conhecida terra de Westeros da série Crônicas de gelo e fogo,  Daemom Targaryen é um fanfarrão e um canalha de primeira, ele nunca chegou a ser um rei e nutri a cada dia essa ambição. Um conto de esquecer o mundo enquanto se lê.


"Todo mundo ama um canalha... embora, às vezes, a gente sobreviva para se arrepender"
"Alguns dos cavalheiros e damas destas páginas não são tão confiáveis assim"

Nenhum comentário:

Postar um comentário