14 de novembro de 2016

Coração É Terra Que Ninguém vê (Cora Carolina)


Coração É Terra Que Ninguém Vê

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Sachei, mondei - nada colhi.
Nasceram espinhos
e nos espinhos me feri.

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Cavei, plantei.
Na terra ingrata
nada criei.

Semeador da Parábola...
Lancei a boa semente
a gestos largos...
Aves do céu levaram.
Espinhos do chão cobriram.
O resto se perdeu
na terra dura
da ingratidão

Coração é terra que ninguém vê
- diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não.
Terra de lagedo, de pedregulho,
- teu coração. Bati na porta de um coração.
Bati. Bati. Nada escutei.
Casa vazia. Porta fechada,
foi que encontrei...
(Cora Carolina)

11 comentários:

  1. Olá
    Eu gosto muito de poemas e cosias do tipo, mas eu não lei oco má frequência que eu deveria fazer. Achei esse texto daí bem legal. Eu já conhecia uns outros trabalhos dela! Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi, Beatriz
    Gosto muito de poemas. Cora tem alguns dizeres bem bonitos.
    Gostei da escolha.
    Bom restinho de feriado.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Só o nome de Cora Coralina já é uma poesia.
    Esse poema tem uma tristeza, mas ao mesmo tempo é tão bonito que dá vontade de dar umas batidinhas nas costas arqueadas e dizer 'Não Desista'

    ResponderExcluir
  4. Hello! Tudo bem?
    Não sou muito fã de poemas e poesias.
    Mas legal o post, foi bom conhecer mais uma obra da Cora.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Amo poemas e se tratando da Cora Coralina, então nem se fala!
    Esse, apesar de triste é belo!
    Ótimo post!

    http://contosdacabana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá,adoro poemas tanto para ler e tanto para meu acervo já que quero trabalhar muito com eles em sala de aula quando começar a ensinar e esse parece ser ótimo e que incentiva a imaginação do leitor

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Nossa que lindo poema. Muito bem construído. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. LOie
    muito bonito o poema, eu preciso muito começar a criar o gosto de ler mais poesias pois é um gênero sempre muito lindo e interessante, sem dizer que nos faz pensar muito

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiee Bia ^^
    Que poema triste...haha' Acho que ainda não o conhecia, mas ouvi bastante coisa sobre a Cora na minha infância, então o nome não me é estranho.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi
    dos poucos poemas que gosto, eu adoro esse poema da Cora! Talvez por ele ser ao mesmo tempo simples, triste e um tanto profundo, sempre me toca e sempre fico com ele na cabeça por dias!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Beatriz, tudo em?

    Que lindo seu post de hoje, a Cora tem uns escritos lindos demais, amo amo amo!

    Beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir