3 de junho de 2015

[Resenha] Stânix - O Poder dos Elementos

DE EDER A. S. TRASKINI


Título: Stânix - O Poder dos Elementos
Autor: Eder A. S. Traskini
Editora: Novo Século
Páginas: 140
Ano: 2013






" A Profecia está dita e Stânix está em suas mãos "
Não se deixe enganar pelas poucas páginas do livro pois seu conteúdo é muito bom, as aventuras que se passam em Stânix são contagiantes e ao ler você fica querendo avançar mais e mais na leitura para saber o que estar por vir, ao terminar a leitura você pensa em como é bom autores nacionais crescendo dessa maneira, Stânix o Poder dos Elementos é um excelente livro e vou falar sobre a história dele pra vocês agora.

Há algum tempo atrás Stânix foi habitada por humanos, elfos e anões, mas uma guerra, a Primeira Guerra, mudou esse cenário e hoje somente humanos habitam Stãnix ( supostamente ). Durante a guerra o tirano Syrt devastou cidades inteiras, mas graças aos Elfos isso não aconteceu, eles defenderam a cidade usando toda a sua inteligência e magia, com isso eles foram capazes de derrotar Syrt. Porém com essa vitória trouxe uma profecia que foi temida pelos Elfos que tiveram que abandonar o reino, mas anos depois, Aaron que foi um dos nascidos sob o sangue da Primeira Guerra, está com o futuro de Stânix em suas mãos.


O livro conta a história desse jovem, Aaron é completamente diferente de todos ao seu redor, além de ter características físicas bem peculiares como um cabelo azul e orelhas pontudas, ele não consegue se enquadrara em nenhuma atividade, mas ele maneja muito bem uma lâmina, sendo adaga ou espadas ele era o melhor, os outros habitantes o ignoram, os meninos da sua idade não o querem por perto e as garotas são ainda piores, mas ele tem uma fiel amiga que se chama Sora. 


O conselho da aldeia convoca uma reunião e convida Aaron pela primeira vez , ao chegar ele percebe que Sora também está lá, talvez por ser filha de um importante membro, mas isso ela já descobriria. 
Na reunião foi revelado que a cidade de Guil estava se armando contra as demais cidades e estava pretendendo tomar todo o território de Stânix, com medo do que pudesse acontecer ao pequeno vilarejo o pai de Sora,decidiu enviar a filha à Guil para oferecer a mão dela ao príncipe , achando que assim conseguiria uma aliança com a cidade e que pudesse evitar a devastação do vilarejo, Aaron fora convocado para poder escoltar Sora em segurança até lá,  mas nada pode fazer se não aceitar as ordens do conselho, vendo que os dois eram muito jovens para uma missão importante como essa, Farep se ofereceu para ir com eles, ele não era muito mais velho que os dois, mas tinha com certeza muito mais experiência.

Durante a jornada  podemos acompanhar muitas aventuras e até uma revira volta em toda a situação, claro que não vou contar o que é, mas no caminho Aaron acaba descobrindo algumas coisas sobre seu passado, há tempos ele vem tendo um pesadelo terrível em meio a uma guerra e muito sangue, mas talvez não seja apenas um sonho, nessa jornada ele consegue descobrir mais sobre seu sonho e sobre sua origem, descobre também certas habilidades que o deixam ainda mais confuso.
Os três são bons guerreiros e sabem se defender muito bem, algumas vezes precisam colocar em prática toda a sua habilidade,eles precisam tomar cuidado com quem falam e onde ficam, ninguém é confiável, mas a maneira como descobrem isso... bem... é melhor descobrirem lendo.

Stânix O Poder dos Elementos é um livro que vai te surpreender, confesso que chegando perto do final comecei a perceber que ainda havia muita coisa para acontecer e faltavam poucas páginas, fiquei receosa de que a leitura começasse a ficar corrida, mas isso não aconteceu, pelo fato de que o livro terá continuação, ele termina de uma forma que você fica odiando o Eder, brincadeira, na melhor parte do livro o autor decide deixar para próxima edição! e é isso que faz com que o livro fique ainda mais interessante, todo o mistério do que pode acontecer, todas as expectativas sobre os personagens, todas as novas descobertas, tudo, é tão perfeito que fazer uma possível trilogia é a melhor maneira! isso aguça nossa curiosidade e nos dá a vontade de ler urgentemente o segundo livro. Pena que ainda não esteja disponível, mas só por enquanto, acredito que logo logo teremos a continuação.

Quero ressaltar também uma coisinha que me chamou a atenção, sabe quando você lê aqueles nomes complicados que não sabe ao certo como pronunciar? Eder acaba com isso e nos presenteia com um guia de pronúncia, então se durante a leitura algum nome parecer complicado, não tenha medo e vá até a última página e veja como se lê.

"Entre elfos, anões, dragoões magia e espadas o autor traz a você uma narrativa medieval nunca antes pensada por um escritor nacional"
Uma última dica, se prepare para uma apunhalada! algo inesperado vai acontecer deixando o enredo ainda melhor, embora seja triste!

Nenhum comentário:

Postar um comentário