4 de outubro de 2017

O Vir ao Mundo de Um Poeta (Bianca Vieira)


O vir ao mundo de um poeta
Pelos dias frios nutrira encanto
Foras tíbio no tratar das emoções
E o silêncio soava como um canto
Ao mar acalantado e desprovido de paixões

Era manso, todavia insano
Muito padecera e o teu coração guardara o dano
Do desamor que tanto tivera
Tentou fugir: Assistiu atônito à quimera

Hoje, a tua imagem refletida num espelho
Desperta em ti a amargura do sentir
E junto dela, um valioso conselho:
“Amar a ti e não permitir-se internamente ferir”

Fora embora e num bilhete escreveu:
“A minha essência se perdeu, 
Irei procurá-la num lugar distante
Levo um chapéu e o livro de poesias da estante
Não me espere, porque irei me perder
Na busca pela arché de meu ser.”
(Bianca Vieira)

12 comentários:

  1. Amei, cheguei me arrepiar, quero um chapéu e muitos livros para uma morada que irá aparecer só pq eu quero rs

    ResponderExcluir
  2. Legal, gostei muito um belo poema foi emocionante para mim ler

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo e tocante! Amo poesias, pois sempre nos fazem refletir e despertam uma infinidade de sentimentos ao lermos determinados textos. Adorei o post, bjss!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Nossa, que poema incrível! Adoro ler poesias, e essa ficou muito boa mesmo, parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Olá Beatriz!
    Que poema lindo! Apesar de ler pouco poesias sempre que me deparo com bons poemas fico maravilhada.
    Fico contente em poder ter tido oportunidade de conhecer esse texto através do seu blog.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Oi Beatriz, sou eu! rsrs

    MUITO obrigada pela força, fiquei muito feliz ao ler estes comentários. Continue apoiando os novos escritores! <3

    Abraços em forma de versos. rs

    ResponderExcluir
  7. Adorei o poema! Muito tocante e de grande sensibilidade!
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  8. Oi Bea,
    Bonito poema.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. "Não me espere, porque irei me perder
    Na busca pela arché de meu ser"

    Que lindo! Gostei de ler esse poema da Bianca <3

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  10. Que texto lindo e emocionante! Adoro poesias porque sempre me fazem pensar na vida, sem falar no sentimento que o autor deixa transpassar para as palavras.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Bia!
    Só aqui mesmo para eu ler poemas!
    Adorei este, muito bonito!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Que lindo! Esse ano comecei a ler e me apaixonar por poemas e fico encantada com cada descoberta que faço e com esse não foi diferente. Amei descobrir a sua coluna.
    Beijos!

    ResponderExcluir