31 de julho de 2017

[Resenha] Escândalos de Elisabeth

Título: Escândalos de Elisabeth
Autora: Eléonore Fernaye
Editora: Bezz || Selo Leque Rosa
Páginas: 228
Ano: 2017
Adicione ao Skoob
*Cortesia da editora



Sinopse: Paris, 1778.
A bela Elisabeth Arsac atrai milhares de olhares, porém, esta jovem mulher rejeita todos os pretendentes, porque quer preservar sua independência e evitar as inconveniências do casamento. No entanto, em um baile de máscaras, ela cai nos encantos de um americano sedutor, com quem trava uma galante conversa.
Então, ela se joga de cabeça em um caso clandestino, que é interrompido quando ele pede sua mão. Elisabeth não tem a menor intenção de aceitar um marido, mas o destino pode ter decidido de outra forma...

Resenha
Vivendo em uma sociedade em que a mulher não tinha voz, que servia apenas para se casar e dar herdeiros ao seu marido, Elisabeth vai contra os costumes que lhe são impostos e não aceita as regras que a família quer que ela siga. Educada em um convento, saiu de lá pronta para casar e governar uma casa, mas esse nunca foi o seu objetivo e ela rejeita qualquer pretendente.

A sua melhor amiga foi casada com um homem bem mais velho e que faleceu, agora ela é uma viúva e conta um pouco da sua experiência para Elisabeth, mas não entra em detalhes. Elisabeth leu alguns livros proibidos e conheceu um pouco sobre os assuntos carnais, mas nunca teve uma relação sexual e tem curiosidade.
Ela é uma jovem audaciosa e que despertou interesse para descobrir o que acontece entre um homem e uma mulher. Elisabeth quer ter liberdade e o meio mais fácil é o casamento, mas ela não quer ser livre de um lado e por outro se prender a um marido. Então, ela vai a um baile de máscaras, acompanhada de sua melhor amiga, e terá a chance viver perigosamente.

Durante o baile ela conheceu um homem atraente e foi parar em uma sala reservada com ele, após um jogo de perguntas os dois acabam em uma situação muito íntima. Quando a noite terminou os dois achavam que não se encontrariam novamente e Elisabeth pede que ele guarde segredo sobre o que passaram.
Um tempo depois, os dois acabam se encontrando e se reconhecem. Os momentos que tiveram juntos na noite do baile foram inesquecíveis e ambos querem revivê-los. Elisabeth o faz pensar que ela é experiente, Henry acredita e se entrega aos desejos. Mas, ao descobrir que havia desonrado a jovem, ele quer reparar o erro e se casar com ela.

Elisabeth fica enfurecida, ela só queria ter um amante e agora ele a quer como esposa. Ela não quer aceitar, mas ele vai até o pai dela para fazer o pedido. Com o tempo, Elisabeth vai descobrir que Henry esconde segredos em seu passado e tem traumas que o perturbam; mas vai descobrir, também, que ele é um homem encantador por trás das máscaras que escondem a verdade.
Minha impressão
Eu sou apaixonada por romances de época e estava muito curiosa com esse livro. Escândalos de Elisabeth é um romance que nos traz uma protagonista que contesta as normas da sociedade e luta pelo que quer. Diferente das outras jovens de sua idade, ela não quer se casar e ser uma dona de casa, ela quer ser livre.

Henry é um homem misterioso desde que aparece no baile de máscaras, ele tem uma cicatriz na mão e não fala nunca sobre o seu passado. O pouco que ele revela à Elisabeth são apenas questões de pouca importância e se irrita quando ela tenta descobrir algo mais íntimo. Mas, por trás de toda essa fachada de durão, ele é um homem encantador e fofo. 

Devido a uma falta de comunicação entre eles, o relacionamento passa a ser algo superficial. Elisabeth disse algo ao pai que magoou o coração de Henry e por isso ele passa a tratá-la com uma certa indiferença. Por outro lado, Elisabeth começa a gostar da companhia dele e não entende a barreira que Henry levantou entre eles. 

Eu gostei bastante da leitura, mas achei o desenvolvimento corrido em alguns momentos. Nada que atrapalhe a leitura, só senti falta de alguns acontecimentos terem sido mais detalhados. A trama se passa em 1778 e vemos o quanto as coisas eram diferentes e mais difíceis naquela época. 

A obra possui cenas eróticas, mas são poucas. É uma leitura leve e com um romance bem agradável, ótima para um final de semana. Para quem gosta de romance de época é uma boa pedida e quem ainda não leu nada do gênero é uma boa dica para começar a ler. 

Minha nota para o livro

15 comentários:

  1. Amei a resenha, me encantei com o livro desde que você postou a foto alguns dias atrás. Já adicionei a minha lista. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mag. Fiquei tão feliz de saber que você se interessou por ele quando postei a foto no IG <3
      Beijos e obrigada pelo comentário.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro, mas assim que vi "Paris" já fiquei curiosa para ler, hahaha. Só não gosto de cenas eróticas, mas sendo poucas talvez dê para ler igual, hehe. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa.
      É um romance de época bem gostosinho de ler, recomendo a leitura. As cenas eróticas são poucas e não tão detalhadas, mas é preciso levar em consideração a época em que a trama se passa, então não é um livro hot como os atuais.

      Excluir
  3. Acho que curtiria essa leitura, sim. Amo romances históricos.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Gostei bastante da resenha.
    Ultimamente romances de época estão me perseguindo, e acho que terei que me render à alguns deles, já que não costumo ler muito sobre o gênero.
    Dica de leitura anotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Estou anotando romances de época para ler e esse parece uma boa pedida. A resenha ficou ótima e adorei a capa do livro, muito linda. Vou ler quando precisar esfriar a cabeça hehe
    Beijoss!
    Páginas Empoeiradas

    ResponderExcluir
  6. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro ainda mas confesso que não pretendo ler por não apreciar ler livros históricos...! Mas ainda bem que gostaste!

    Enfim, e uma pena que o relacionamente entre os personagens seja tao superficial! Mas pelo menos o desenvolvimento e a historia agradou!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  7. Achei interessante a história da protagonista, pois ela parece ser uma personagem que foge um pouco do padrão de alguns romances de época que já. Mesmo com os problemas de desenvolvimento que você parece ter notado durante a leitura, acho que deve ser uma leitura interessante.
    Beijos
    Mari

    ResponderExcluir
  8. Gostei da premissa, é bom personagens que vão além do seu tempo, ainda mais em uma época que a mulher não tem voz.Pena o romance ser corrido, as vezes isso atrapalha mesmo. E em outras, ajuda a coisa acontecer. Haha. Gostei da resenha.
    Ótimas leituras.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Bia!
    Que bom que as partes mais corridas não atrapalham a leitura, gostei do enredo do livro e espero conseguir ler ele futuramente!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi.

    Ainda não conhecia esta obra, mas adorei já pela capa. Achei o enredo bem legal e vou colocar a obra na minha lista de futuras leituras. Vou procurar depois onde posso encontrá-la para comprar. Espero gostar da narrativa.

    ResponderExcluir
  11. Ooi!
    Assim como você, amooo romances de época. Não conhecia este ainda, mas despertou meu interesse, tanto pela premissa dele quanto por seus comentários.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?

    Quando eu tava no final da adolescência, gostava desse gênero, mas aí acabei enjoando, depois de perceber que a maioria segue uma fórmula muito igual e os enredos são extremamente repetitivos. Algo que me irrita muito nesse gênero é essa coisa de a mocinha ser independente, mas sempre haver um "porém" e, pra mim, isso é muito contradizente. Achei sua resenha muito boa, mas não leria o livro, não. Acho que já passei dessa fase de sonhar com o amor, também. Prefiro ler outras histórias.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Oie, já conhecia o livro, porém romance de época não seja meu gênero predileto, esse leria, pela a sua resenha me deixou curiosa pela a história.
    bjs

    ResponderExcluir