16 de maio de 2017

[Resenha] Fora das Sombras

Título: Fora das Sombras
Autor: Jason Wallace
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 308
Ano: 2012
Leia a sinopse no Skoob
*Acervo Pessoal


Resenha
Nos anos 80, Robert, um garoto branco de 13 anos, se muda com a família para o Zimbábue e viverá os piores anos de sua vida ao encarar de frente o preconceito que se expõe diariamente de maneiras horrendas. Continue lendo e saiba mais sobre a trama.
O jovem Robert, com apenas 13 anos, foi obrigado a se mudar com a família para o Zimbábue. O presidente Mugabe havia acabado de assumir o poder e lutava contra a minoria branca no país. Por um lado os brancos queriam as coisas como eram antes e por outro os negros queriam o que era deles por direito.

Embora fosse dito que não havia guerra, os conflitos estavam longe de terminar. Principalmente para a parcela branca da população que não estava satisfeita com as diretrizes do novo presidente. Muitos ainda tinham a guerra viva nas lembranças e estavam dispostos a fazer qualquer coisa para tirar Mugabe do poder. Dentre eles, Ivan Hascott, também com seus 13 anos, que será um personagem cruel e temido nessa história.
"- Se eu o pusesse diante de um homem, pressionasse o metal frio de uma arma contra a palma da sua mãe e o mandasse apertar o gatilho, você apertaria?
- Não, senhor.
- Tem certeza?
- Claro, senhor. De maneira alguma!
- E se eu então lhe dissesse que tínhamos voltado no tempo e que o nome dele era Adolf Hitler? Você atiraria então? Atiraria?
Nos anos 80, Mugabe não era visto como o tirano que conhecemos hoje em dia, era ovacionado pela população negra e tinha o apoio de alguns brancos, porém, existiam aqueles que não estavam satisfeitos com o rumo que a história estava levando e queriam fazer a diferença. Quando Robert foi morar em um novo país e estudar em uma nova escola, não sabia sobre esse conflito e não entendia a profundidade do ódio, tampouco sabia que em breve deveria escolher um lado e conviver com as consequências.

Ainda nos primeiros dias, Robert entendeu que a sua estadia ali seria marcada por sofrimento. Ele havia feito amizade com dois garotos que eram alvo de massacres e em pouco tempo precisou se posicionar, ou continuava com eles e passaria a ser incluído nos massacres ou os negava e se tornava integrante desse grupo que aterrorizava os alunos da escola. Isso sem contar com a violência sofrida pelos alunos mais velhos, que tinham autoridade e podiam mandar nos mais novos da maneira que quisessem.
No decorrer da trama, acompanhamos o crescimento de Robert e os demais alunos e vemos a situação piorar cada vez mais. Ivan e a sua gangue ficam cada vez mais perversos, cometem atos cada vez mais horrendos e Robert começa a enxergar a real natureza de toda essa crueldade. Mas só quando Robert se opõe em participar dos atos sórdidos cometidos por Ivan e companhia é que ele vai entender o verdadeiro significado de tudo e vai descobrir o plano sombrio de Ivan.
Minha impressão
Sabe aquele livro que de alguma maneira te marca? Aquele livro que daqui a alguns anos você ainda vai se lembrar dele? Fora das Sombras é um livro assim! A maneira como ele aborda a desigualdade social e o preconceito é excepcional. O autor consegue ser intenso e mostrar detalhes dolorosos e terríveis em uma narrativa sucinta, tudo de acordo com o crescimento dos personagens e conforme eles vão crescendo a percepção dos fatos vai mudando. 

Eu ainda não havia lido nenhum livro que a trama se passasse em Zimbábue ou que explorasse a figura de Mugabe. Sei que para muitos ele foi/é um herói e nesse livro nós vemos os dois lados de uma mesma história. É uma ficção que se respalda em um contexto histórico e em muitos momentos se confunde com a realidade. Todas as coisas hediondas que Ivan fez e Robert presenciou ou participou são histórias de ficção contadas pelo autor mas atos desumanos como os encontrados nesse livro aconteceram e continuam acontecendo. Isso torna a leitura muito mais densa. 

Eu comprei esse livro pela capa e pelos comentários que estão na parte de trás, não li sinopse, nunca tinha ouvido falar dele e não conhecia o autor. Mas a capa me chamou atenção e me deixou curiosa para saber sobre o cenário que ela mostra e ao ler os comentários, que pouco falam sobre a trama, eu fiquei ainda mais interessada. Agora que terminei de ler eu posso dizer que foi uma das minhas melhores leituras. 

Minha nota para o livro

8 comentários:

  1. Olá tudo bem ?
    Adorei a premissa do livro, gosto muito de livros que fala sobre preconceito e pela idade do Robert parece que irá dá um impacto bem forte na história . Parabéns adorei a sua resenha , vai para minha listinha .
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Vamos lá... Eu já fiquei preso nas primeiras linhas desta resenha. Primeiro porque vivi intensamente a década de 80. E era exatamente assim. Mugabe realmente jamais seria visto como tirano... naquela época, muitas coisas eram contaminadas pela normose. O excerto que você colocou, acabou de firmar a convicção de que eu certamente amaria o livro tanto quanto você! Parabéns por retirá-lo da prateleira! Ainda que, primeiramente, tenha sido pela capa....

    ResponderExcluir
  3. nossa, deve ser uma leitura bem impactante... gostei da trama, da ambientação e da temática que ele aborda... não conhecia o autor até este momento, mas vou ficar de olho, anotar a sugestão e lerei assim que possível... gosto de leituras 'soco no estômago' e acredito que o livro é desse tipo...
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Beatriz, eu gostei muito da forma como você falou sobre o livro e curti bastante sua resenha super bem escrita e bem estruturada.
    A história parece ser sim bem marcante e eu gostaria até de te parabenizar por trazer ao seu blog um livro tão diferente dos que estamos acostumados a ver nos blogs.
    Gosto de temáticas diferentes e originais.
    Mas no momento, achei a história triste, por isso, não leria no momento.
    Mas agradeço a dica! E ela já está anotada! Um beijo!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  5. Menina, que história incrível!! Me fez lembrar de um livro que li no comecinho do mês "Para Poder Viver" no qual a parte mais difícil da vida da protagonista começa quando ela tem 13 anos e também se "muda" para outro país e vive entre muitos conflitos. Dica super anotada, mas acho que não vou ler por agora, porque também fiquei marcada pelas leituras recentes, mas com certeza lerei no futuro =D
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro, mas o enredo me interessou. Época complicada para se mudar, e ainda mais complicada por conta da idade do personagem. O tema racismo e preconceito sempre trazem enredos tensos.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  7. Beatriz, não conhecia o livro e fiquei super curiosa, parece uma história bem intensa. Dia anotada.

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Para você ter noção de como sou ligada em história não tenho a menor ideia de quem seja Mugabe... Pois é... O tema do livro não me interessou muito, mas fico feliz que tenha sido uma leitura tão boa para você! Já até sei pra quem vou indicar!

    ResponderExcluir