15 de novembro de 2017

Stranger Things | Orignal Netflix [Resenha]

Ai, gente, eu não estou bem! Terminei de assistir às duas temporadas de Stranger Things e estou aqui necessitada da terceira. Mas a bonita da Netflix avisou que só vai sair em 2019. Por que, dona Netflix? Como não tenho o que fazer sobre isso, resolvi vir dividir com vocês. Quem ainda não conhece, vai lá, dá uma chance que não vai se arrepender.
Resenha
Somos levados de volta aos anos 80 e já bate a nostalgia no nível máximo! A série tem muitas referências e deixa os fãs loucos mesmo. Além disso, o clima é tenso em todos os episódios, mas sem ser forçado. Tem muito suspense, aventura, terrorzinho básico e pitadas de romance (bem de leve, gente, só deixa mais cute!)

No primeiro episódio nós conhecemos quatro amigos e de cara um deles some, o Will Byers. Toda a primeira temporada gira em torno das buscas para encontrar o Will, mas não fica só nisso porque o sumiço dele foi coisa de outro mundo, literalmente. O Will está perdido no Mundo Invertido (calma, já vou explicar).
Toda a cidade se mobiliza para encontrar o menino, mas quando os três melhores amigos dele saem sozinhos para tentar encontrá-lo é que as coisas começam a ficar mais... sinistras. Em vez de encontrar o Will eles dão de cara com a uma menina que parece bem assustada e está fugindo dos "homens maus".

A Onze é uma espécie de arma do governo, ela tem poderes e querem usá-la para coisas ruins. Mike, Dustin e Lucas a levam para o porão do Mike e ela vai passar os próximos dias por lá, escondida da mãe dele - a Onze não confia  nos adultos, na verdade ela não confia em ninguém, mas os meninos conseguiram ganhar a confiança dela.
Com a chegada da Onze, os amigos vão descobrir além de conspirações do governo - o que os coloca em perigo - o Mundo Invertido. Este, nada mais é que uma outra dimensão, exatamente como nossa, mas é uma realidade paralela. No mundo invertido é possível entrar em contato com o nosso mundo de algumas maneiras bem precárias, ele é um lugar extremamente perigoso pois é onde mora o Demogogon, uma criatura que come tudo o que tiver sangue, um monstrengo totalmente macabro e assustador.

A Onze é poderosíssima e vai ajudá-los a encontrar o Will, mas a situação vai ficando cada vez pior e para ele. Os homens maus que estão atrás da Onze conseguem rastreá-la e acontece o que ela temia, seus novos amigos correm perigo. Além das quatro crianças ainda temos outro grupo formado por Joyce (mãe de Will), Jonathan (irmão), Nancy (irmã do Mike) e Hooper (xerife), que também também fazem parte dos personagens centrais e nos trazem outras tramas exploradas durante a série
Tudo isso acontece na primeira temporada e a segunda é ainda melhor, com muito mais ação e o mundo sobrenatural é ainda mais explorado. Não quero falar demais para não correr o risco de soltar spoiler, mas fazendo um resuminho ela se passa um ano após o demogorgon ter aterrorizado a cidade e feito algumas vítimas.

O mundo invertido está pior que antes e a população dele aumentou consideravelmente, o que significa que existem mais demogorgons e eles estão se organizando para destruir o nosso mundo. Na primeira temporada conhecemos a Onze, mas é na segunda que entendemos melhor o seu passado e o que realmente acontece dentro do "laboratório de energia" (o local utilizado para fazer os experimentos). Nessa segunda temporada, também conhecemos a número Oito, seria a irmã da Onze. A Oito aparece em poucos episódios e tenho a impressão que ela ainda vai aparecer na temporada três.
Minha impressão
Eu estava curiosa para assistir à essa série há muito tempo, sempre vejo ótimos comentários sobre ela. Mas só parei para ver o primeiro por causa de uma chamada que eu vi no SBT durante a exibição do Teleton. Logo que acabou o programa entrou o primeiro episódio, eu vi e corri para a Netflix para assistir aos outros. Eu fiquei tão viciada que vi logo as duas temporadas em uma semana e só não vi antes por falta de tempo. 

É uma série maravilhosa e a trama só evolui a cada episódio. O suspense se mantém desde o primeiro episódio e vai até o último da segunda temporada. Claro, tem um ou outro episódio entre eles que fica meio "mais ou menos" em algumas questões e uma delas é o triângulo amoroso entre a Nancy, seu namorado Steve e o Jonathan. O Steve é um babaca, mas na segunda temporada até que melhora. A Nancy fica no chove e não molha com o Jonathan e achei totalmente desnecessário para a série, acho que se ficasse mais focada no sobrenatural teria sido ainda melhor. 

A trama é muito bem elaborada e desenvolvida, os momentos de terror são realmente assustadores, mas não é forçado nem exagerado, fica na medida certa e dá para os mais jovens assistirem sem o menor problema, meu filho de quatro anos gostou bastante também (mas ele gosta de coisas sinistras mesmo, tipo zumbis e monstros).

Eu já falei demais e não falei nem metade de tudo o que eu quero falar!!! Mas vou parar por aqui antes que solte spoiler. 

Minha nota para a série

3 comentários:

  1. Oi Bea! Essa série tá na minha lista de séries para assistir junto com Guerra dos Tronos. Mas agora está impossível devido ao final de período da faculdade. Vou tentar vê-las nas férias. Bom saber que ela lhe agradou tanto e que as cenas de terror não são tão assustadora. Hehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Não sou de assistir séries, porém esta é uma que está quase mudando isso, haha. Todo mundo falando sobre ela e eu fico sempre boiando. Adorei teu post!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Olá Beatriz!
    Menina tenho muita curiosidade pra assistir, toda vez que abro o Netflix aparece pra mim. Sem dúvidas vou curtir parece bem instigante a ponto de querer assistir logo tudo de uma vez.
    Vou aproveitar pra conferir nas férias!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir