[Resenha] Só Queria que Você Soubesse

11 de março de 2019

Título: Só Queria que Você Soubesse
Autor: Binha Cibelle
Editora: Wattpad
Capítulos (As leituras no Wattpad são através de capítulos): 55 + Prólogo e Epílogo.
Ano: 2018
Sinopse: Anos depois de se livrar de um passado cheio de traumas, Mina se sente completa: sozinha, do outro lado do mundo e vivendo seu sonho de ensinar línguas, algo que lhe salvou de dias obscuros.
Quando dá de cara o dono do sorriso de olhos mais lindo que ela havia visto, por alguns segundos, pôde vislumbrar outro dias, os de um futuro repleto de cor e sentimentos, coisa que nunca se permitiu imaginar.
Mas nem só disso a vida é feita.
Bem mais do que somente uma garota com olhos muito azuis, que guarda os sonhos em forma de palavras em idiomas demais, Mina tem que lidar com uma aluna misteriosa, de temperamento difícil, que rejeita todas as suas tentativas de aproximação.
Mas ela sabe o que quer e não é tão fácil assim levá-la abaixo.
De todas as coisas, ela tem algumas certezas: ela o adorou... amou o sorriso que subiu aos seus olhos e os sentimentos que causaram nela.
Olhando para o pequeno papel em branco à sua frente, ela...
Só queria que ele soubesse...
Cheio de romance, mas não somente, Só Queria Que Você Soubesse tem humor, um pouquinho de drama, é cheio de surpresa e traz uma avalanche de sentimentos que vai da amizade ao amor e mostra o lado lindo dele, mas também os efeitos de sua falta.
Resenha
“A vida nos deixa algumas marcas, amiga. Algumas desejadas, outras indesejadas. Isso não quer dizer que você deve se envergonhar e se esconder por trás delas.”
Mina é uma jovem brasileira que está morando na Coréia e ainda tenta se adaptar à rotina por lá, a diferença cultural é enorme e atrapalhada como é ela comete cada gafe que dá até vergonha só de ler. Mina é professora e ensina idiomas ao mesmo tempo em que está terminando uma especialização. Ela é esforçada e rala muito para conseguir o que quer, com todo o seu empenho ela vai alcançando seus objetivos com o tempo.

Mina tem um passado doloroso e sofreu muito quando ainda era criança, ela enfrentou situações que ninguém deveria enfrentar e isso deixou marcas não só em seu corpo, mas também em sua alma. Mina aprendeu a conviver com as lembranças difíceis e não deixa que o passado a domine. Em meio ao sofrimento, ela encontrou aquela que viria a ser a sua mãe, uma pessoa maravilhosa que lhe deu todo o amor e carinho que ela precisava e a adotou.
“A dor te dá leves intervalos, pequenos lapsos de ilusão que te levam a crer que tudo pode ficar bem.
Até que ela volta, muitas vezes mais forte, pronta para arrebentar tudo o que você lutou para construir e manter no lugar.”
Mina está sempre na correria de um lado para o outro, mas o cafezinho é de lei e ela sempre passa no mesmo lugar, o seu favorito. Em um dia típico (que para ela inclui: agitação, trapalhadas, pagação de mico e trabalho) ela esbarra em um rapaz e tudo muda. Há uma estranha e deliciosa conexão com o rapaz e mesmo depois de uma sequência hilária de acontecimentos desastrosos a Mina não perde a chance de deixar um recadinho para ele, a partir de então é fofura atrás de fofura.

Na Coréia as pessoas são mais conservadoras e os costumes são bem diferentes do que aqui no Brasil, um casal lá pode levar meses para dar o primeiro beijo, um simples toque de mãos pode causar diferentes reações. Então Mina e Min Ho começam a trocar bilhetinhos e sem conversarem pessoalmente, depois passam para mensagens pelo celular e a ansiedade para se encontrarem pessoalmente só vai aumentando.
"Dizem que os olhos são o espelho da alma, talvez seja a minha que o atrai, a forma como ele a vê, porque eu sinto como se ele não só a visse, mas como se estendesse os dedos delicadamente, pouco a pouco, tocando-a."
No trabalho Mina está tendo dificuldades com uma aluna, Maria Eduarda é uma pessoa difícil de lidar, rica e acostumada com todos fazendo suas vontades, ela começa a implicar com a Mina por causa da beleza da brasileira, no entanto Maria Eduarda precisa de ajuda e Mina percebe que suas atitudes são uma maneira de chamar atenção. E Mina conta com o apoio de Min Ho para poder se aproximar mais da aluna e tentar, quem sabe, fazer uma amiga.

Sabemos bem que há sempre a possibilidade de surgirem imprevistos e tudo o que a gente planeja ir de pernas para o ar, não é verdade? Mina se vê diante de uma situação que a faz relembrar o seu passado e ela não pode passar por isso sem tomar uma atitude, não pode fingir que nada aconteceu e seguir em frente, Mina vai fazer uma escolha e terá de enfrentar as consequências dela. É o seu coração agindo e tomando as rédeas da sua vida.
Minha impressão
Ai, gente, pensa em um livro fofo! “Só queria que você soubesse” é uma obra gostosa de ler, com um romance leve e divertido e personagens carismáticos. A escrita da autora é envolvente e ela consegue nos introduzir ao universo coreano sem deixar a leitura cansativa, pelo contrário, é muito legal poder ver as diferenças culturais, mesmo tendo muitos detalhes a gente acaba aprendendo mais sobre os costumes deles de uma maneira bem bacana. 

Eu gostei da Mina de cara, me identifiquei com ela e em várias cenas dela pagando mico eu me imaginei passando por aquilo também. O Min Ho é um amorzinho, mas em alguns momentos que eu quis dar uns socos na fuça dele, e adorei o fato de a autora construir uma protagonista empoderada que coloca o moço no seu devido lugar. Assim, na Coréia as atitudes dele podem até ser normais, mas a Mina é brasileira e não ia deixar o cara controlá-la, ele estava se tornando muito possessivo e a Mina deixou bem claro que não seria assim com ela. Mas não me entendam mal, o Min Ho é coreano e a cultura deles é completamente diferente da nossa, então quando começou a namorar uma brasileira ele teve que se adaptar a ela (se fosse ao contrário e a autora tivesse feito a Mina se adaptar a ele eu teria ficado com uma raiva enorme).

O livro traz mensagens importantes de autoaceitação e superação, além de mostrar que a mulher pode fazer o que quiser e não precisa desistir dos seus sonhos para viver um grande amor e se em seus planos não tiver incluído um relacionamento a vida é dela e pronto, ninguém tem nada com isso. 

O livro está disponível no Wattpad (Clique aqui) e vale a pena conferir! 

Minha nota para o livro

10 comentários:

  1. Fiquei curiosa para conhecer as vergonhosas gafes de Mina rsrs, assim como passado dela me anima a querer conferir a leitura. Agora o que fechou com chave de ouro é saber que o livro é fofo e ainda fala sobre autoaceitação. Quero ler e conhecer esse Min Ho.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. fiquei curiosa pra ler esse livro. Eu adoro livros no wattpad e tenho um redatora só pra isso kkkk
    Amei a capa e quero descobrir essas gafes ai que você citou, vou recomendar pra ela! Adorei!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Acho que nunca li um livro completo no Wattpad, mas quero muito mudar isso, principalmente depois de ler a resenha dessa obra fofa, hahaha. Ainda não conhecia o livro, mas fiquei louca para ler. Adorei a dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Oiii Bea

    Eu gostei da ambientação, destacando os costumes tão diferentes dos nossos da Coréia, acho bem bacana várias tradições de lá. Li quse nada do Wattpad, as poucas obras que conheci me decepcionaram um pouco mas pretendo um dia conhecer um pouco mais do que há por lá. Achei a história bem gostosinha, daquelas que a gente lê quando quer aquecer um pouco o coração.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Tô achando que vou jogar tudo pro alto e correr por wattpad pra ler essa história!!! Pela sua resenha parece ser uma leitura super divertida e deliciosa. Amei o fato de a mocinha ser empoderada e de ser ambientado num país sobre o qual sei pouco.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Uau, universo da Coréia do Sul? JÁ QUERO! Quem me conhece sabe o quanto sinto falta de enredos de livros assim, e apesar de não curtir muito ler pelo Wattpad, darei uma chance. Pela sua resenha vejo que posso esperar uma ótima história e estou bem ansiosa. Adorei <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Tudo bem? Não costumo ler nada do Wattpad, mas já li alguma coisa.
    Não entro na plataforma tem um tempinho. Fiquei bem curiosa com essa premissa. Adoro personagens femininas empoderadas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Confesso que não sou fã do universo coreano, mas amo uma bela historia de.amor fofa e encantadora e pela sua resenha é isso que esse livro nos trás. Me encantei e fiquei curiosa. Faz décadas que não leio nada no watpad e agora acredito que vou pular pra la em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Um romance romântico que se passa na Coreia, uma autora nova e uma capa fofinha, claro que lerei, talvez seja o que estou necessitando depois de tantas leituras densas, e farei mais, vou indicar aos meus alunos.

    ResponderExcluir
  10. Imaginando as gafes de Nina aqui. Gostei bastante da história do livro, ainda mais com esse clima coreano no enredo, porém, não tenho costume de ler pelo Wattpad. Torcer para que venha em e-book.
    Bjim!

    ResponderExcluir